Topo

Seleção Brasileira


A 71 dias da Copa América, Tite sofre com lesões de selecionáveis na Europa

Do UOL, em São Paulo

04/04/2019 12h00

O Brasil estreará na Copa América de 2019 em 14 de junho, quando encara a Bolívia no estádio do Morumbi pela primeira rodada do Grupo A. Mas nos 71 dias que faltam para a partida, o técnico Tite tem uma lista de problemas de ordem física para resolver com a sua convocação para o torneio.

Desde o começo do ano, pelo menos cinco jogadores presentes em listas recentes do técnico se machucaram e ainda não retornaram aos gramados. O mais recente deles foi o zagueiro Marquinhos, que sentiu ontem uma lesão muscular na coxa.

Embora a expectativa seja de que os lesionados retornem algum tempo antes da Copa América, a situação acende o alerta na seleção brasileira. Não apenas pelo prejuízo na preparação para o torneio, mas também pelo risco de novas lesões até lá.

Confira a situação dos selecionáveis:

Neymar

Divulgação
Imagem: Divulgação

O principal caso de 2019 é o de Neymar. O atacante sentiu dores no pé durante o jogo Paris Saint-Germain 2 x 0 Strasbourg, realizado em 23 de janeiro, válido pelas oitavas de final da Copa da França. Exames apontaram uma nova fratura no quinto metatarso do pé direito, igual à que havia sofrido em 2018. O camisa 10 está afastado dos gramados há dois meses e meio em recuperação. Com a recuperação já no fim, o astro teria planos de fazer seu retorno aos gramados na decisão da Copa da França, no dia 27 de abril.

Vinícius Júnior

Gabriel Bouys/AFP
Imagem: Gabriel Bouys/AFP

Sensação no Real Madrid, o atacante foi convocado pela primeira vez à seleção brasileira no fim de fevereiro, quando disputaria os amistosos contra Panamá e República Tcheca. No entanto, no começo de março, sofreu uma ruptura de ligamento do tornozelo direto na derrota do Real por 4 a 1 para o Ajax pela Liga dos Campeões. Embora o retorno esteja previsto para maio, Tite tem dúvidas para a presença na Copa América. A concorrência ainda vem forte.

Lucas Paquetá

Emilio Andreoli/Getty Images
Imagem: Emilio Andreoli/Getty Images

Outro nome presente em convocações recentes, o meia do Milan já fez até gol pela seleção brasileira - foi ele quem fez para o Brasil no empate por 1 a 1 com o Panamá. No entanto, em 2 de abril, o ex-flamenguista sentiu o tornozelo no empate de sua equipe por 1 a 1 com a Udinese pelo Campeonato Italiano. Mesmo deixando o estádio de muletas, o jogador deve voltar em duas semanas. Segundo o Milan, o problema não é grave.

Alex Telles

Miguel Riopa/AFP
Imagem: Miguel Riopa/AFP

O lateral esquerdo virou preocupação no dia 30 de março, na partida Braga 2 x 3 Porto pelo Campeonato Português. Em campo, Alex Telles converteu um pênalti, mas sentiu dores no quadril, caiu em campo e foi imediatamente substituído. Titular no amistoso do Brasil contra o Panamá, o jogador ainda não tem prazo para voltar a jogar.

Marquinhos

Gonzalo Fuentes/Reuters
Imagem: Gonzalo Fuentes/Reuters

O caso mais recente. O zagueiro sentiu dores na coxa durante o jogo Paris Saint-Germain 3 x 0 Nantes, ontem, pelas semifinais da Copa da França. Substituído no fim do primeiro tempo, o jogador deve ter sua condição divulgada pelo PSG.

Errata: o texto foi atualizado
Diferentemente do que foi publicado, a lesão de Alex Telles aconteceu em 30 de março, e não em 30 de abril. A informação foi corrigida.
ESPN, Ei PLus e Fox Sports

Assista aos jogos e programas de ESPN, EI Plus e Fox Sports sem TV a cabo.

Mais Seleção Brasileira