Topo

Espancado em confusão, torcedor do Fla está em estado grave em hospital

Do UOL, no Rio de Janeiro

03/04/2019 21h42

A confusão entre torcedores de Flamengo e Peñarol teve um triste desdobramento. Segundo comunicado da Secretaria Municipal de Saúde, Roberto V. Almeida, de 60 anos, foi espancado e está internado em estado grave no Hospital Miguel Couto, na Gávea, zona sul do Rio de Janeiro.

Ainda de acordo com o posicionamento da Secretaria, o torcedor do Flamengo passa por alguns exames para resolver alguns dos graves problemas que enfrenta. Ele foi derrubado por uma pedrada e espancado por torcedores do Peñarol na sequência, quando já se encontrava caído.

Segundo apuração do UOL Esporte, a torcida organizada do Peñarol havia sido orientada pelo BEPE para se encontrarem na praia do Leme antes de serem conduzidos ao jogo. O problema foi a reação deles ao se depararem com ônibus de torcedores comum do Flamengo no mesmo local.

Alguns uruguaios roubaram rubro-negros, que reagiram. A partir deste momento houve uma confusão generalizada e os torcedores do Peñarol, em maior número, agrediram vários flamenguistas até que a polícia chegasse ao local para apaziguar os ânimos.

O GEPE afirmou que a situação poderia ter sido evitada caso houvesse uma comunicação por parte da torcida do Flamengo sobre o local escolhido para aguardar o horário do jogo. Os uruguaios detidos foram conduzidos para uma delegacia para prestar depoimentos e não assistirão ao jogo.

Flamengo