PUBLICIDADE
Topo

Cruzeiro

Mano elogia atuação, mas vê relaxamento do Cruzeiro: "Tinha o 2 a 0 na mão"

Mano Menezes, técnico do Cruzeiro, analisa triunfo sobre o Tupi - Vinnicius Silva/Cruzeiro
Mano Menezes, técnico do Cruzeiro, analisa triunfo sobre o Tupi Imagem: Vinnicius Silva/Cruzeiro

Do UOL, em Belo Horizonte

16/03/2019 18h52

Mano Menezes crê que a facilidade pelo triunfo por 3 a 0 sobre o Tupi fez com que o Cruzeiro relaxasse na partida desta tarde, pela décima rodada do Campeonato Mineiro. O técnico fez uma análise sobre a partida disputada no estádio Radialista Mário Helênio, em Juiz de Fora.

"A equipe foi bem, mas relaxou um pouquinho também. Isso se deve pela tranquilidade do jogo tão cedo. Com o 2-0 na mão, às vezes, você dá uma relaxadinha. A gente tem a equipe na mão e sabe como eles se comportam quando há facilidades como hoje", disse o treinador.

A menção de Mano sobre os dois primeiros gols é pela forma como ambos ocorreram. No primeiro, o zagueiro Aislan mandou contra o próprio patrimônio e abriu o placar para a Raposa. Na sequência, o seu companheiro de defesa tocou a mão na bola dentro da área, e a arbitragem assinalou pênalti, convertido por Fred.

Depois do 2-0 garantido, Egídio fez o terceiro da vitória do time mineiro. O lateral esquerdo recebeu elogios do treinador após o confronto ocorrido na Zona da Mata Mineira.

"Egídio é um jogador que tem muita qualidade técnica individual. Se a gente conseguir controlar a questão do posicionamento, como melhorou muito na minha opinião, ele tem condição de qualificar a equipe. Ele passou muitas vezes, passou em jogadas boas. Trouxemos outro jogador para a posição para que a disputa fosse mais alta. Chega alguém e bota um pouco de bafo na nuca. Essa questão de leitura de jogo é o que estamos tendo. Vai jogar o Dodô na quarta-feira diante da Caldense. Vamos escolher entre Murilo e Fabrício. Mas é importante ter todo mundo, e os jogadores estão mostrando muita qualidade", comentou.

Cruzeiro