PUBLICIDADE
Topo

Real Madrid

Vini Jr., 'caso Marcelo' e falta gols sem CR7: os dilemas de Zidane no Real

Do UOL, em São Paulo

12/03/2019 04h00

Anunciado ontem como novo técnico do Real Madrid, Zinedine Zidane chega ao clube como o grande salvador para um time em crise. Nove meses depois de deixar a equipe com o tri consecutivo da Liga dos Campeões, o treinador francês volta ao mesmo Santiago Bernabéu em situação completamente diferente. A primeira missão do ex-meia está longe de conquistar títulos.

Zidane assume o Real Madrid já eliminado na Liga dos Campeões e na Copa do Rei, além de estar praticamente sem chances de conquista no Campeonato Espanhol, 12 pontos atrás do líder Barcelona.

Que saudades de CR7

Assim como Zidane, Cristiano Ronaldo também deu adeus ao Real na última temporada. O francês voltou, mas o português foi para a Juventus, e a falta dos gols dele é grande. Benzema, Bale, Lucas Vázquez e Mariano não conseguiram suprir a ausência de CR7, enquanto que Vinicius Júnior vem ganhando cada vez mais protagonismo, mas sua função não é a de artilheiro.

Onde ficará Vinicius Júnior?

A chegada de Zidane cria uma grande interrogação para Vinicius Júnior. O brasileiro vinha se mostrando um dos mais esforçados mesmo nas derrotas do Real, mas sofreu uma ruptura do ligamento na articulação do tornozelo direito na eliminação contra o Ajax na Champions League e ficará cerca de dois meses afastado. Quando o jovem voltar, o clube de Madri já deverá estar em final de temporada. Será que o atacante continuará sendo titular?

"Caso Marcelo"

Marcelo é um dos nomes mais falados na crise do Real. O lateral esquerdo é alvo de críticas da torcida, perdeu a posição de titular para Reguilón e tem sua saída especulada ao final da temporada. No início desta semana, o jornal Marca ainda publicou que ele e Sergio Ramos, os dois mais antigos do elenco, se desentenderam em um treino. O zagueiro depois minimizou a tensão com o "irmão" Marcelo. O que Zidane vai fazer com o lateral brasileiro?

E o Bale?

Bale foi contratado por R$ 315 milhões em 2013 e até teve bons momentos com a camisa do Real, com gols importantes, principalmente em finais de Champions League, mas caiu de rendimento na atual temporada, mesmo tendo alcançado a marca de 100 gols pelo clube. Agora, o galês é frequentemente colocado no banco de reservas. Assim como Marcelo, Bale também tem sua saída especulada, mas seu passado com Zidane pode mudar a situação.

Vamos!

A post shared by Gareth Bale (@garethbale11) on

"Pré-temporada"

Zidane tentará transformar a reta final da temporada 2018-19 em uma espécie de "pré-temporada" para 2019-20. O Real está eliminado da Champions league e da Copa do Rei, ocupa apenas a 3ª posição do Espanhol e não tem mais nenhuma pretensão. Nos 11 jogos restantes, o novo treinador buscará resolver os problemas e dar ordem na casa, já projetando situações de jogo para o futuro.

Real Madrid