PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Sete razões para Juve x Atlético ser o maior desafio de CR7 na Champions

Cristiano Ronaldo pode dar adeus à Champions League deste ano ainda na fase oitavas de final - JAVIER SORIANO / AFP
Cristiano Ronaldo pode dar adeus à Champions League deste ano ainda na fase oitavas de final
Imagem: JAVIER SORIANO / AFP

José Edgar de Matos

Do UOL, em São Paulo (SP)

12/03/2019 04h00

Cristiano Ronaldo terá (talvez) o maior desafio da carreira na Liga dos Campeões da Europa. Hoje (12), o astro e a Juventus encaram o Atlético de Madri, em Turim, na disputa por uma vaga nas quartas de final do principal torneio europeu. Diante do antigo rival dos tempos de Real, o português deve ter um dos mais duros compromissos pela frente, na busca de aumentar o próprio legado na competição.

Leia mais

A Juventus entra com uma desvantagem de dois gols, e o português carrega um dos piores desempenhos da carreira na Champions. Pela frente, ainda, um adversário de peso. O Atlético de Madri comandado por Diego Simeone tem a solidez defensiva como uma das principais características e entra como favorito para interromper a trajetória de CR7 ainda nas oitavas de final.

"Gordura" espanhola

O Atlético de Madri abriu confortável vantagem no jogo de ida. A vitória por 2 a 0 no Wanda Metropolitano, com gols dos zagueiros uruguaios José Maria Giménez e Diego Godin, deixa o time de Simeone em posição privilegiada. Para avançar, a Juventus, que passou em branco na Espanha, precisa vencer por três gols de diferença - um 2 a 0 trocado leva a partida para o tempo extra. Os espanhóis podem até perder por um gol.

Atleti está confortável

Afastar o Real Madrid

A última derrota de Cristiano Ronaldo em um jogo de ida de mata-mata da Liga dos Campeões ocorreu em 2016. O Wolfsburg, da Alemanha, fez justamente 2 a 0 no primeiro confronto, e o português respondeu de maneira categórica: três gols no Santiago Bernabéu e classificação. Chegou a hora de responder aos mais de R$ 400 milhões investidos pela Juve.

Cristiano Ronaldo Real Madrid Wolfsburg - Juan Medina/Reuters - Juan Medina/Reuters
Cristiano Ronaldo reverteu "sozinho" o último 2 a 0 sofrido em mata-mata: três gols contra o Wolfsburg
Imagem: Juan Medina/Reuters

Afastar (mesmo) o Real Madrid

Sem Cristiano Ronaldo, o Real Madrid tricampeão europeu naufragou. O gigante espanhol acabou eliminado nas oitavas de final ao perder por 4 a 1 para o Ajax, em casa. A Juventus, nova casa, ainda pode seguir sonhando com o título se reverter o duelo desta terça.

Vinícius Júnior Real Madrid Ajax - Gabriel Bouys/AFP - Gabriel Bouys/AFP
Real Madrid, de Vinícius Júnior, acabou eliminado pelo Ajax ainda na fase oitavas de final; CR7 terá o mesmo destino?
Imagem: Gabriel Bouys/AFP

Resposta

Cristiano Ronaldo chega pressionado para o duelo da volta em Turim. O português acabou criticado pela atuação tímida no jogo de ida, em Madri, quando a Juventus pouco ameaçou o gol do Atlético de Madri. A chance da resposta é comandar a reviravolta na Itália.

"Pense positivo", pede CR7

Cadê a máquina de gols?

Nas últimas sete participações de Champions, Cristiano Ronaldo marcou 10, 12, 17, 10, 16, 12 e 15 gols, respectivamente. Na primeira temporada com a Juventus, porém, o craque convive com números muito abaixo dos registrados na carreira: apenas um gol em toda a competição.

CR7 mira a noite de terça

Sai, zica

O goleador português repete a maior seca desde que chegou à Juventus. São três partidas sem balançar as redes adversárias (Atlético de Madri, Bologna e Napoli) - a marca é a mesma do início da trajetória com a camisa alvinegra, diante de Chievo, Lazio e Parma nas primeiras rodadas de Campeonato Italiano.

Cristiano Ronaldo Juventus - Tiziana FABI / AFP - Tiziana FABI / AFP
Cristiano Ronaldo vive uma pequena seca de gols na Juve - para ele, é muito
Imagem: Tiziana FABI / AFP

Descansado

Para ter o melhor Cristiano Ronaldo possível, Massimiliano Allegri cuidou do craque na rodada que antecedeu a decisão contra o Atlético. O lado físico, fundamental para o crescimento do craque na reta final da temporada, é tratado com extrema importância na Juve. O português sequer entrou em campo na sexta-feira, quando o líder do Campeonato Italiano goleou a Udinese por 4 a 1.

Cristiano Ronaldo banco - Miguel Medina/AFP - Miguel Medina/AFP
Cena rara: Cristiano Ronaldo sentado no banco de reservas. Juve cuidou do craque na última rodada do Italiano
Imagem: Miguel Medina/AFP

Esporte