PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Organizada do Coritiba protesta e conversa com jogadores dentro de CT

Marcello De Vico

Do UOL, em Santos (SP)

28/02/2019 16h26

A tarde de hoje foi de protesto no CT da Graciosa. Cerca de 100 membros da Império Alviverde, principal torcida organizada do Coritiba, foram ao local para cobrar o time, eliminado ainda na primeira fase da Copa do Brasil, pelo URT-MG, e derrotado na final do Campeonato Paranaense pelo Toledo.

O protesto foi pacífico e alguns torcedores foram autorizados a entrar no centro de treinamento para conversar com atletas do elenco - além do novo técnico, Umberto Louzer, e do diretor de futebol, Rodrigo Pastana.

"Fomos nós mesmos, porém foi um protesto pacifico, apenas uma cobrança por mudança de postura do time e reforço na cobrança ao G-5 [grupo que comanda o clube] do Coritiba", confirmou Juliano Rodrigues, o Lano, presidente da organizada, em entrevista ao UOL Esporte.

Torcedores da organizada Império Alviverde protestam no CT do Coritiba - Torcida Império Alviverde - Torcida Império Alviverde
Imagem: Torcida Império Alviverde
O tom da conversa foi de bastante cobrança aos jogadores, mas não houve agressão. A Polícia Militar chegou apenas para controlar a situação. Pouco depois, a torcida deixou o local.

O Coritiba volta aos gramados apenas no dia 10 de março, quando visita o Cianorte na abertura do segundo turno do Campeonato Paranaense. Porém, o principal objetivo do time na temporada é retornar à elite do Campeonato Brasileiro.

Futebol