PUBLICIDADE
Topo

Santos

Peres aposta em bom desempenho de Vitor Bueno para ter Derlis em definitivo

Derlis Gonzalez, autor do segundo gol do Santos sobre o São Paulo - Daniel Vorley/AGIF
Derlis Gonzalez, autor do segundo gol do Santos sobre o São Paulo Imagem: Daniel Vorley/AGIF

Eder Traskini

Colaboração para o UOL, em Santos

14/02/2019 04h00

O início de temporada de Derlis González é tão bom que o Santos já começa a pensar em como fazer para mantê-lo em definitivo no time. O paraguaio está emprestado ao Peixe até junho de 2020 em troca do meia Vitor Bueno e é justamente nele que o presidente José Carlos Peres deposita esperanças para manter o atacante.

O paraguaio chegou ao clube da Vila Belmiro em julho do ano passado com um contrato de empréstimo válido por dois anos e em troca do meia também por dois anos. Os dois atletas têm preço de compra fixado em 10 milhões de euros, pouco mais de 42 milhões de reais.

"É perfeitamente possível (manter Derlis). Basta o Vitor Bueno jogar bem no Dínamo de Kiev que a troca será efetuada em definitivo. Jogando bem, vai facilitar a troca", disse Peres em entrevista ao UOL Esporte.

O problema é que Vitor Bueno está passando longe de "jogar bem" na Ucrânia. Desde que chegou ao clube, o meia atuou por apenas 83 minutos divididos em três partidas. O jogador se encontra com problemas de adaptação no país de cultura bastante diferente do Brasil.

Enquanto isso, Derlis González vai encantando no Brasil, principalmente na temporada de 2019. Em oito partidas, o paraguaio anotou quatro gols, deu duas assistências e teve atuações fundamentais para o bom início do Santos sob o comando do técnico Jorge Sampaoli.

O argentino, inclusive, teve participação na continuidade do paraguaio na Vila Belmiro. Com direitos de imagem atrasados, Derlis chegou a pedir para deixar o Peixe, mas após uma conversa com Sampaoli decidiu ficar no Santos.

Santos