PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Palmeiras defende Avanti de críticas sobre elitização e exalta o programa

Do UOL, em São Paulo

01/02/2019 14h42

O Palmeiras usou uma nota oficial nesta sexta-feira (1) para se defender de críticas a respeito do Avanti, programa de sócio-torcedor do clube, que tem sido acusado por parcela da torcida de promover uma elitização do Allianz Parque ao dificultar o acesso de pessoas de menor renda ao estádio.

No texto, o clube diz que o preço do ingresso mais barato cobrado na primeira fase do Paulista de 2008 (R$ 30 à época, R$ 56 nos dias de hoje devido à correção pela inflação) é maior que o valor tido como o mais baixo para os dias de hoje, de R$ 48,33.

Para chegar a esse número, foi levado em conta o perfil de um sócio do Plano Ouro do Avanti, que paga R$ 144,99 mensalmente e tem direito a 100% de desconto nos setores Gol Norte e Superior Norte, considerando uma média de três jogos em casa por mês. Neste cenário, porém, o torcedor precisa desembolsar os R$ 144,99 mensais e conseguir ingressos nos setores específicos em todas as partidas para que o valor unitário de cada jogo seja de R$ 48,33.

A nota também ressalta a importância do Avanti para as finanças do Palmeiras e o peso que o programa tem para o sucesso do time, uma vez que 100% dos seus recursos são investidos no futebol. Segundo o clube, a soma do Avanti com a bilheteria do Allianz Parque corresponde a aproximadamente 20% da receita bruta do clube, que tem a maior taxa de ocupação média de estádios do país.

Confira a nota oficial na íntegra:

Tendo em vista as várias discussões relativas aos novos preços do programa Avanti e dos ingressos das partidas, a Sociedade Esportiva Palmeiras vem a público esclarecer:

1 - Os preços dos planos Avanti e dos ingressos não podem ser avaliados de forma isolada. A proposta de valor reside na combinação de ambos.

O Programa Avanti permite que o torcedor tenha alternativas que melhor se ajustem ao seu perfil e garanta o ingresso mais acessível, de acordo com seu planejamento. Em suma, o preço médio pago pelos ingressos é bastante inferior ao valor de face, uma vez que o Sócio Torcedor Avanti desfruta de descontos significativos. Essa é a forma que definimos para premiar o torcedor assíduo, que apoia o Palmeiras com maior frequência no estádio.

2 - Assim sendo, é importante a divulgação de alguns números que apontam para uma realidade diferente e contrária ao que se considera erroneamente como elitização do estádio.

- Ingresso mais popular no Allianz Parque hoje é de R$48,33
Tomando como base o Plano Ouro, em que o sócio Avanti paga R$144,99 por mês e tem direito a 100% de desconto nos ingressos para o Setor Gol Norte, o preço unitário por jogo é de R$48,33 por pessoa, considerando uma média de três partidas por mês. Este valor diminui para R$43,50, caso o desconto disponível para o pagamento anual de 10% seja aplicado, e pode cair ainda mais, caso sejam incluídos os dependentes.

- Média de desconto de 83% para o Avanti na compra do ingresso
Considerando os descontos oferecidos na aquisição de ingressos em todos os planos e setores, o percentual de desconto médio para o sócio torcedor na compra dos ingressos em 2018 foi de 83%.

- Valor do ingresso em 2019 vs. 2008
Para efeito de comparação, o valor do ingresso de uma partida do Palmeiras na fase inicial do Campeonato Paulista de 2008, no setor de arquibancada (R$30,00), corrigido pelo IPC-A para os dias de hoje, seria de R$56,00, contra os atuais R$48,33. Hoje, o palmeirense paga, comparativamente, um valor menor pelo setor mais popular do estádio do que na década passada. Vale ressaltar que o Allianz Parque é a arena mais moderna da América Latina e oferece a seu torcedor um padrão de conforto e atendimento de alta qualidade.

- Valores dos ingressos do Paulista de 2019 vs. 2015
No ano de 2015, já no Allianz Parque, o valor do setor mais popular (Gol Norte) para o jogo Palmeiras x Corinthians (08.02.15), na 1ª fase da competição estadual, foi de R$100,00, mesmo valor aplicado para a partida deste sábado (02.02.19). Não houve aumento e não foi considerada a correção monetária no período.

3 - Em relação aos novos preços do Avanti em 2019, devemos destacar que as decisões sobre valores e alterações no regulamento do programa são sempre técnicas, respaldadas por dados e envolvem diversos departamentos do clube, antes de serem analisadas e aprovadas pelo Presidente, COF e Conselho Deliberativo. Sobre esse tema, ressaltamos os seguintes pontos:

- Último reajuste em fevereiro de 2017
Os valores do Avanti não foram reajustados em 2018, mesmo com os aumentos dos serviços e insumos nas operações do programa e dos jogos no período.

- Investimentos para melhoria no atendimento
Seguimos investindo para proporcionar melhorias no programa Avanti, através de ferramentas para melhorar a plataforma de venda, o atendimento ao torcedor nos dias de jogos, call center, cobrança e a ampliação de pontos de contato com o sócio torcedor.

- Avanti + Bilheteria: 20% da receita do Palmeiras
A equação Avanti aliada à bilheteria respondeu por aproximadamente 20% da receita bruta do clube nos últimos anos, com a maior taxa de ocupação média em estádios do país no ano passado. Esta combinação é uma fonte de receita fundamental para o equilíbrio financeiro do Palmeiras, mesmo que os custos envolvidos na operação do jogo e do Avanti representem ao redor de 48% da receita bruta. Os recursos líquidos do Avanti são destinados integralmente para o Futebol e contribuem para a contratação e manutenção de grandes jogadores. Dessa forma, o Palmeiras consegue participar de várias competições importantes, simultaneamente, e em condições de disputar todos os títulos.

4 - Temos convicção de que nossos torcedores seguirão fazendo a diferença, apoiando o Palmeiras como sempre têm feito. Reforçamos mais uma vez o posicionamento técnico da Diretoria na tomada das decisões. É este modelo de administração que tem feito nosso clube ser protagonista nos últimos anos.

Maurício Galiotte
Presidente - Sociedade Esportiva Palmeiras

Futebol