PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Zagueiro do Santos entende exigência de Sampaoli e chegada de concorrente

Gustavo Henrique saiu bastante para o jogo no amistoso contra o Corinthians - Alex Silva/Estadão Conteúdo
Gustavo Henrique saiu bastante para o jogo no amistoso contra o Corinthians Imagem: Alex Silva/Estadão Conteúdo

Samir Carvalho

Do UOL, em Santos (SP)

17/01/2019 13h28

O zagueiro Gustavo Henrique, do Santos, explicou que o técnico Jorge Sampaoli exige que a sua dupla de zaga seja técnica e que saiba propor o jogo. Além disso, o defensor ressaltou que o treinador argentino não abre mão da posse de bola. Na maioria dos treinamentos, no CT Rei Pelé, o comandante faz treinos específicos de posse de bola, com "marcação pressão".

"Pelo que eu senti no primeiro jogo, precisamos ter mais coragem para sair para propor o jogo, temos que ter paciência para furar bloqueio, girar para um lado e para o outro, chamar o adversário para sair da pressão. É o mais diferente dele, ficar com a bola, com paciência, e os zagueiros precisam aparecer para jogar, com personalidade. E se errar, ele fala que não tem problema. Não vamos brincar, fazer graça, mas temos que arriscar sair", afirmou Gustavo Henrique.

"Primeiramente ele preza pela posse. Quanto mais teremos a bola, menor a chance do adversário fazer o gol. Trabalhou muito o sistema defensivo nessa semana, algo que não tinha feito. Estava mais no rondo e pressão rápida. Agora priorizou um pouco mais a defesa. A gente vai conversando e entrosamento vai ajudando a sofrer menos gols", completou.

A exigência de Jorge Sampaoli faz Gustavo Henrique entender a contratação de mais um zagueiro no elenco. O clube paulista fechou a contratação de Felipe Aguilar, do Atlético Nacional, da Colômbia, após pedido de Sampaoli.

Gustavo Henrique já sabe que o zagueiro colombiano se destaca pela sua qualidade com a bola nos pés e, principalmente, na saída de jogo.

"A diretoria está fazendo o trabalho dela. Todo reforço é bem-vindo. É um cara que tem boa saída de bola e vem para nos ajudar. Todos vão dar seu melhor e o Santos só tem a ganhar com isso", disse.

Além de Gustavo Henrique e Felipe Aguilar, o Santos conta com mais três zagueiros: Luiz Felipe, atual titular, Lucas Veríssimo, titular até sofrer grave lesão no joelho, e Cleber, defensor experiente que retornou de empréstimo do Paraná.

O Santos estreia oficialmente nesta temporada diante da Ferroviária, neste sábado, às 17h (de Brasília), na Vila Belmiro, em jogo válido pela primeira rodada do Campeonato Paulista.

Futebol