PUBLICIDADE
Topo

Futebol

São Paulo impulsiona time feminino com Cristiane e define local de treinos

Atacante da seleção foi a principal contratação do Tricolor para a equipe feminina - Renata Damasio/saopaulofc.net
Atacante da seleção foi a principal contratação do Tricolor para a equipe feminina Imagem: Renata Damasio/saopaulofc.net

Bruno Grossi

Do UOL, em São Paulo

14/01/2019 14h24

Nesta segunda-feira, o São Paulo retoma oficialmente as atividades do futebol feminino profissional. O dia é tratado pelo clube como um marco, até por representar também a chegada de Cristiane, atacante de larga história na seleção brasileira, à equipe. Ela assinou contrato de um ano e será o grande nome de um elenco de 25 atletas que inicia neste dia 14 os treinamentos para a temporada de 2019.

VEJA MAIS:
-
Dibradoras: Projeto do São Paulo fez Cristiane deixar Corinthians e Barça para trás

O Tricolor definiu que a modalidade usará as dependências do clube social do Morumbi como sede dos treinos. Os campos no local são de grama sintética e já receberam os jogos da equipe feminina sub-17 ao longo do último ano. As jogadoras que não tiverem residência fixa na capital paulista poderão ficar hospedadas nos dormitórios disponíveis na área do estádio.

A comissão técnica será liderada pelo treinador Lucas Piccinato, que já participa do planejamento são-paulino desde o último trimestre de 2018 e comandou até a peneira realizada em novembro para selecionar possíveis reforços para a equipe. Ele tem 28 anos e fez carreira nas categorias de base do Centro Olímpico, de onde vieram as garotas multicampeãs do sub-17  tricolor (cinco títulos em cinco torneios disputados desde 2017).

O São Paulo também contratou Amauri Nascimento para ser o supervisor de futebol feminino. O profissional cuidará de processos de logística, planejamento e organização do departamento. Amauri tem passagens pela modalidade no Santos, em 2015, e também na Confederação Brasileira de Futebol (CBF), onde ficou entre março de 2017 e dezembro de 2018.

Diferentemente do que aconteceu no segundo semestre do ano passado, quando o sub-17 ainda vestia Under Armour, a equipe feminina já deve ter os uniformes da Adidas à disposição. O Tricolor, inclusive, já anunciou Cristiane com as camisas de jogo e de viagem da marca alemã.

Futebol