PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Carlos Augusto prioriza seleção e espera afirmação na volta ao Corinthians

Carlos Augusto em ação pelo Corinthians durante clássico contra o São Paulo - Rodrigo Gazzanel/Ag. Corinthians
Carlos Augusto em ação pelo Corinthians durante clássico contra o São Paulo Imagem: Rodrigo Gazzanel/Ag. Corinthians

Arthur Sandes

Do UOL, em São Paulo

21/12/2018 04h00

Uma das boas surpresas da temporada do Corinthians, Carlos Augusto terminou 2018 como titular e ganhou muito prestígio mesmo em um momento delicado da equipe. Mas a lateral esquerda será de outro atleta no início do ano que vem, porque ele vai ao Campeonato Sul-Americano sub-20 com a seleção brasileira e assim desfalca o Alvinegro por alguns jogos. Para o lateral, no entanto, o sacrifício será recompensado.

"Tenho que fazer um bom Campeonato (Sul-Americano) para conseguir voltar e me firmar cada vez mais na equipe principal do Corinthians", diz o lateral, em conversa com o UOL Esporte. "É um campeonato muito visado no mundo todo, então eu vou dar o meu melhor sempre. Sei que o Corinthians estará observando e quero poder voltar para ajudar o clube na próxima temporada", projeta o jogador de 19 anos.

O lateral se apresentou à seleção brasileira sub-20 na última segunda-feira (17), na Granja Comary, onde acontece a primeira etapa da preparação. Foram apenas duas semanas de férias para Carlos Augusto, que vai perder a pré-temporada do Corinthians e até sete jogos no início de 2019. O Sul-Americano acontece entre 17 de janeiro e 10 de fevereiro.

"A expectativa é grande. Estou muito feliz por ser convocado para um campeonato tão importante e de tanta visibilidade. É focar e dar o melhor em todos os treinos para que a gente possa fazer uma grande competição", planeja o corintiano, que tem boas chances de ser titular da seleção brasileira sub-20. A equipe nacional estreia no Sul-Americano em 19 de janeiro, contra a Colômbia.

Carlos Augusto tem apenas oito partidas na carreira profissional, tendo subido ao time principal neste ano após participação na última Copa São Paulo de Juniores. O Corinthians não conseguiu suprir a saída de Guilherme Arana, a fila andou, e o garoto foi o último testado na lateral esquerda em 2018. Ele foi regular, mas deu má sorte: a equipe não venceu nenhum dos jogos em que ele atuou.

"Espero ser titular (no Corinthians), mas tenho que trabalhar muito para isso. Não vai ser fácil, a concorrência é grande, mas sadia", entende Carlos Augusto. A disputa por posição, no entanto, ainda parece modesta. Danilo Avelar é a única alternativa do técnico Fábio Carille, mas seu contrato se encerra em junho. O Corinthians procura um reforço no mercado da bola e sonda Uendel, que já atuou no clube e está no Internacional desde 2016.

Futebol