PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Disposto a rachar salário, Cruzeiro segue sem encontrar destino para Sóbis

Rafael Sóbis carrega o prêmio de artilheiro da Copa do Brasil de 2017 - Cristiane Mattos / Light Press / Cruzeiro
Rafael Sóbis carrega o prêmio de artilheiro da Copa do Brasil de 2017 Imagem: Cristiane Mattos / Light Press / Cruzeiro

Enrico Bruno

Do UOL, em Belo Horizonte

13/12/2018 04h00

Em meio à procura por reforços e ao assédio a alguns jogadores importantes do seu elenco, o Cruzeiro ainda precisa resolver a situação de alguns atletas que não devem ficar no clube. Um deles é Rafael Sóbis, que pediu para ser negociado, mas ainda não tem destino certo. Seu alto salário pode virar entrave para uma futura transferência.

A falta de oportunidades fez com que Sóbis pedisse para ser negociado pelo Cruzeiro. O pedido aconteceu após a goleada sobre o Vitória, no antepenúltimo compromisso do time no Campeonato Brasileiro. O Cruzeiro utilizou o time reserva, mas Sóbis ficou no banco e não foi utilizado em nenhum momento. Nas duas rodadas seguintes, o atacante nem sequer ficou entre os suplentes.

Nesta semana, Sóbis deu entrevista À Rádio Atlântida, de Porto Alegre, e afirmou pela primeira vez sua vontade de deixar o clube. Com contrato até dezembro de 2019, ele disse que "é bem provável" que não esteja na Toca da Raposa para a reapresentação do grupo, no dia 3 de janeiro. Sair do Brasil também está fora de cogitação, a não ser que receba uma proposta bastante vantajosa.

O Cruzeiro pretende incluir o jogador como moeda de troca para auxiliar na chegada de algum reforço, mas também está disposto a repassá-lo para outra equipe. O que pode afastar a procura por Sóbis é o seu alto salário. O atacante possui vencimentos mensais na casa de R$ 500 mil, algo considerado alto mesmo se o montante for dividido entre a Raposa e o futuro clube, possibilidade que não está descartada pela entidade mineira.

Passando férias no sul do país, o jogador se reuniu com seu agente na última terça-feira (11). Nos próximos dias, Jorge Machado será o responsável por sentar com o Cruzeiro para apresentar os possíveis interessados em contar com o futebol do atleta.

Aos 33 anos, Sóbis atuou 37 vezes em 2018, mas somente 17 como titular. A maioria dessas partidas foi pelo Brasileiro, quando os principais jogadores eram poupados. Os números são bastante distintos de 2017, quando Sóbis fez 50 partidas, sendo 40 como titular, e terminou o ano como artilheiro da Copa do Brasil. Desta vez, a forte concorrência o deixou fora das principais decisões do ano.

Futebol