Topo

Futebol


Permanência de Bale foi estopim para saída de Zidane, diz jornal espanhol

Denis Doyle/Getty Images
Imagem: Denis Doyle/Getty Images

Do UOL, em São Paulo

09/10/2018 19h01

A decisão de Zinedine Zidane de deixar o Real Madrid em maio logo após ter conquistado o tricampeonato da Liga dos Campeões causou surpresa. Na época, o francês justificou ao dizer que “o time precisa de mudança e de outro discurso”, mas agora o jornal "El País" apontou um dos principais motivos para a saída do ex-jogador: a permanência de Gareth Bale, o que impossibilitou a contratação de uma nova estrela, principalmente Neymar.

O galês sofreu com lesões no segundo semestre de 2017, jogou pouco e foi titular em apenas uma partida no mata-mata da Liga dos Campeões. Segundo o jornal, o treinador solicitou a transferência do galês por esses fatores, e Florentino Pérez, presidente do clube, concordou em colocá-lo a venda por 100 milhões de euros (cerca de R$ 427 milhões) no início de 2018. O dinheiro da venda seria utilizado para contratar outro atacante.

De acordo com o "El País", o maior desejo era Neymar, e Zidane aceitou mesmo após falar que seus amigos na França, entre eles o técnico da seleção, Didier Deschamps, o alertaram da falta de profissionalismo do brasileiro. Por isso, Kane, Salah e Hazard pintaram como alternativas.

O problema foi que Bale permaneceu no Real mesmo reclamando da falta de oportunidades com Zidane. Já em maio, o galês brilhou na final da Liga dos Campeões, marcou dois gols contra o Liverpool e convenceu o presidente de que deveria ficar.

O "El País" afirma que Pérez, inclusive, via o galês melhor que Cristiano Ronaldo. O cartola não se importava se o português saísse, porque a dupla ideal de ataque seria formada por Bale e Neymar a partir da temporada 2018-19.

Segundo a publicação, Zidane nunca mudou de opinião, pois queria o atleta fora do Real Madrid, e ficou ofendido com a reviravolta do presidente sem ter sido informado primeiro. Descontente, o francês decidiu deixar o Real Madrid.

Mais Futebol