PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Klopp reforça preocupação com Hazard antes de clássico na ponta do Inglês

Reuters/Lee Smith
Imagem: Reuters/Lee Smith

Caio Carrireri

Colaboração para o UOL, em Liverpool (ING)

28/09/2018 08h23

Único time com 100% de aproveitamento após seis rodadas do Campeonato Inglês, o Liverpool colocará o desempenho à prova, neste sábado (29), diante do Chelsea, terceiro colocado com cinco vitórias e um empate, em Stamford Bridge. Na última quarta, a equipe londrina aplicou a primeira derrota dos Reds na temporada: em duelo de time mistos pela Copa da Liga, Eden Hazard saiu do banco de reservas e marcou o golaço do triunfo por 2 a 1 ao driblar quatro marcadores em Anfield, incluindo canetas em Roberto Firmino e Alberto Moreno no lance em que enfileirou rivais e classificou os Blues.

Protagonista do Chelsea, o belga faz Jürgen Klopp redobrar o cuidado com a marcação. “Sei exatamente como ele é bom, especial e sabe aproveitar as jogadas individuais seja contra um, dois, três ou quatro adversários”, disse nesta sexta, véspera do reencontro. “Na quarta poderíamos ter defendido melhor e evitado a jogada que ele fez. Se tivéssemos sido mais firmes em um dos quatro combates com quatro jogadores diferentes, com certeza não haveria espaço para ele finalizar”.

Autor de cinco gols na Premier League, Hazard lidera a artilharia do campeonato ao lado de Mitrovic, do Fulham. A preocupação de Klopp, no entanto, vai além do atacante. “Como marcar Jorginho? Não posso esquecer o Willian, o Kovacic correndo igual um carro de Fórmula 1. Ainda tem o Kanté também. Ai ai ai...”.

“Vai ser difícil e intenso para os dois lados, é um jogo grande que já parece bom, mas precisamos ter certeza que será bom para nós. Talvez não exista melhor preparação para sábado do que ter enfrentado o mesmo adversário na quarta-feira. Claro que houve mudanças nas equipes, mas temos algumas informações”.

Questionado sobre a chance de ampliar para cinco pontos a vantagem na tabela sobre o time comandado por Maurizio Sarri (de 18 a 16 para 21 a 16 em caso de vitória), Klopp respondeu com a grande quantidade de partidas que o Liverpool, o Chelsea, e todos os outros clubes ainda têm pela frente.

“Não penso dessa maneira, porque conseguir um ponto (em Stamford Bridge) já é difícil o suficiente. Conseguir abrir cinco pontos faltando 31 rodadas não é nada”.

A principal dúvida na escalação dos Reds é o zagueiro Virgil van Dijk, que sofreu uma pancada na costela no triunfo por 3 a 0 sobre o Southampton, no último sábado, em casa, e tem feito tratamento desde então.

Futebol