PUBLICIDADE
Topo

Futebol

"Prêmio se chama 'o melhor' e o melhor não estava", ironiza Valverde

Valverde com Lionel Messi: o melhor do mundo para o treinador do Barcelona - Manu Fernandez/AP
Valverde com Lionel Messi: o melhor do mundo para o treinador do Barcelona Imagem: Manu Fernandez/AP

Do UOL, em São Paulo

25/09/2018 13h44

O técnico do Barcelona, Ernesto Valverde, usou a ironia para comentar a premiação “The Best”, organizada pela Fifa na última segunda-feira (24), em Londres. Com Lionel Messi fora da lista dos três finalistas, Modric foi eleito o melhor do mundo, o que não está de acordo com a sua avaliação.

“Não estamos aqui para comparar ninguém. Modric fez um grande ano, mas para nós Leo (Messi) é o melhor. Um prêmio que se chama o melhor e o melhor não estava...”, ironizou Valverde.

Eleito cinco vezes o melhor do mundo, Messi não foi pré-selecionado entre os três finalistas pela primeira vez em 10 anos. Além do vencedor Modric, disputaram o prêmio Mohamed Salah e Cristiano Ronaldo.

Valverde também aproveitou a oportunidade para fazer uma crítica mais ampla sobre os prêmios de futebol. Para ele, há excesso de premiações, o que favorece a controvérsia.

"Acho que não existiam tantos prêmios anos atrás. Agora tudo foi ampliado, há muitas festas de gala, muitos prêmios... Cada festa é uma homenagem a quem organiza também. Também há mais espaço para a polêmica porque há mais ruídos. Este é um esporte e cada vez mais um ‘showbusiness’”, disse.

Com Messi em campo, o Barcelona volta a jogar nesta quarta-feira, contra o Leganés, às 15h (de Brasília), pelo Campeonato Espanhol.

Futebol