PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Gremistas enfrentam saga para entrar com bandeirão barrado por Árabes

Torcedores do Grêmio enfrentam saga para entrarem com bandeirão "ofensivo" barrado por Árabes  - Luiza Oliveira/UOL Esporte
Torcedores do Grêmio enfrentam saga para entrarem com bandeirão 'ofensivo' barrado por Árabes Imagem: Luiza Oliveira/UOL Esporte

Luiza Oliveira

Do UOL, em Abu Dhabi (Emirados Árabes)

16/12/2017 11h13

Uma torcida organizada do Grêmio está vivendo uma saga para conseguir entrar com seu bandeirão no estádio Zayed Sports City para a final contra o Real Madrid, às 15h. Os integrantes da Máfia Tricolor confeccionaram uma bandeira de cerca de 10 m de comprimento com a palavra Máfia escrita. Mas o artefato não foi bem visto pelos árabes.

No jogo da semifinal contra o Pachuca, o bandeirão foi barrado na entrada pelo tamanho. Eles precisaram cortar em três pedaços para que fosse permitido.

Já dentro da arena, eles conseguiram colar com fita adesiva. Mas quando ergueram a bandeira, cerca de sete árabes fiscais da Fifa se aproximaram e pediram para retirar porque a palavra 'Máfia' foi considerada ofensiva.

"Eles não conseguiram entender que é só o nome da torcida. Mas a gente vai conseguir entrar. Não vamos desistir nunca porque estamos representando quem não conseguiu vir do Brasil", disse o presidente da torcida Cristian Garcia.

Futebol