PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Após "arma na cabeça", Richarlison não teme o Chelsea: "Parece mais fácil"

Richarlison se emociona ao marcar seu primeiro gol na Premier League - Steven Paston/AP
Richarlison se emociona ao marcar seu primeiro gol na Premier League Imagem: Steven Paston/AP

Do UOL, em São Paulo

19/10/2017 16h03

Reforço do Watford para a temporada 2017/2018, Richarlison já marcou três gols em nove jogos pelo clube inglês. De acordo com o jogador, natural de Nova Venécia, no Espírito Santo, sua infância difícil ajudou-o a não temer os confrontos contra os gigantes do país – ele enfrenta o Chelsea neste sábado (21).

"Me lembro quando estava crescendo no Brasil, um cara apontou uma arma na minha cabeça porque achou que eu fosse um traficante tentando tomar o ponto dele. Depois disso, jogar contra o Chelsea parece muito mais fácil", disse Richarlison, em entrevista ao jornal inglês "Telegraph".

"Esse tipo de coisa era normal na minha vida, então eu não tinha medo. Era uma área muito difícil. Via drogas na minha frente todos os dias, e tiroteios também", completou.

De acordo com Richarlison, foi o futebol que o tirou do caminho da criminalidade.

"Eu tinha tudo para me tornar um traficante, mas meus técnicos eram da polícia. Como eles sabiam da onde eu era, eles sempre me aconselhavam para me afastar do mau caminho", contou, sobre os treinadores de sua equipe em Nova Venécia.

Futebol