PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Reforço do Santos rejeita folgas visando estreia contra o Corinthians

Matheus Jesus chegou ao Santos no dia 15 de julho, mas não estreou ainda - Ivan Storti/Santos FC
Matheus Jesus chegou ao Santos no dia 15 de julho, mas não estreou ainda Imagem: Ivan Storti/Santos FC

Samir Carvalho

Do UOL, em Santos (SP)

28/08/2017 14h02

O volante Matheus Jesus rejeitou os três dias de folgas concedidos pelo técnico Levir Culpinesta semana e optou por aprimorar o condicionamento físico visando a sua estreia pelo Santos no clássico contra o Corinthians no próximo dia 10, na Vila Belmiro.

Matheus Jesus se apresentou ao clube há mais de um mês, no dia 15 de julho, mas ainda não estreou pelo Santos. Levir Culpi cobra que o atleta esteja 100% fisicamente para atuar e, inclusive, não o inscreveu para as fases de oitavas e quartas de final da Copa Libertadores da América.

O volante só poderá ser inscrito se o Santos eliminar o Barcelona, do Equador. Matheus Jesus disse em sua entrevista coletiva de apresentação que estava a disposição de Levir Culpi naquela semana. O treinador brincou com a posição do jogador.

"Ele falou que estava pronto? Ele foi cara de pau então (risos). Ele está treinando há 30 dias e está cansando. Imagina se ele já está pronto para jogar? Ele se confundiu. Ele queria jogar. Mas está chegando, está em estágio bem melhor. Ele tem característica de jogador técnico, porte ótimo. Vamos ver o que vai acontecer - disse o treinador, se referindo à seguinte declaração de Matheus Jesus:

"Estou entregue à preparação do campo. Me sinto bem. Os profissionais da preparação física falaram que eu estava bem. Estou pronto. Se o Levir precisar de mim, estou à disposição - afirmou o atleta no dia de sua apresentação, no CT Rei Pelé, no mês passado.

Matheus Jesus não atua desde maio deste ano, quando foi afastado da Ponte Preta. Depois disso, o volante acertou sua transferência para o Estoril, de Portugal, mas não atuou pelo clube europeu, pois preferiu retornar ao Brasil. Ele está emprestado ao Santos até o fim da próxima temporada.

Futebol