PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Eurico tem alta após retirada de tumor e deve voltar ao Vasco na segunda

Eurico Miranda precisou realizar cirurgia para resolver problema médico no pulmão - Paulo Fernandes/Site oficial do Vasco
Eurico Miranda precisou realizar cirurgia para resolver problema médico no pulmão Imagem: Paulo Fernandes/Site oficial do Vasco

Pedro Ivo Almeida

Do UOL, no Rio de Janeiro

23/01/2016 15h07

Eurico Miranda já está em casa. Após uma delicada cirurgia que durou mais de seis horas na última quarta-feira, o presidente do Vasco recebeu alta e deixou a clínica particular onde esteve nos últimos dias.

Na intervenção, a equipe médica que cuidava do cartola retirou um tumor do pulmão de Eurico e realizou uma raspagem no local.

“O Presidente Eurico Miranda foi submetido a uma lobectomia [retirada de um dos lobos do pulmão] nesta quarta-feira (20/01), numa clínica da Zona Sul do Rio. A cirurgia teve êxito total”, informou o Vasco, em comunicado oficial, na noite de quinta-feira.

Na manhã deste sábado, o presidente realizou uma bateria de exames, apresentou resultado satisfatório e foi liberado pelos médicos por volta das 12h. Agora em casa, ele pretende voltar aos trabalhos em São Januário já na próxima segunda-feira.

De acordo com pessoas próximas, os médicos solicitaram que Eurico ficasse de repouso até o final deste mês de janeiro. O “teimoso” cartola, no entanto, avisou que voltaria às atividades em menos de 48 horas porque já se “sentia bem”.

Eurico Miranda reinaugurando ginásio de basquete do Vasco - Paulo Fernandes/Vasco.com.br - Paulo Fernandes/Vasco.com.br
Último compromisso oficial de Eurico antes da cirurgia foi a festa de reinauguração do ginásio de São Januário, quando posou para fotos com ex-jogadores de basquete
Imagem: Paulo Fernandes/Vasco.com.br

Na última sexta, ao receber amigos e até alguns funcionários, Eurico já gesticulava bastante e dava ordens ao seu melhor estilo. O comportamento habitual aliviou familiares e aliados, que se mostraram apreensivos com a cirurgia realizada. Para eles, o presidente já estava “normal”.

O problema no pulmão foi descoberto por Eurico durante exames de rotinas no final de 2015. Como a situação era bastante delicada, a cirurgia foi marcada logo para este mês de janeiro.
No último ano, o presidente vascaíno conviveu ainda com problemas semelhantes na bexiga, mas relutou em fazer a cirurgia para correção de problemas no local antes do fim da temporada do futebol. Quando se preparava para o tratamento no local, descobriu o problema ainda mais grave no pulmão.

Os problemas de saúde não chegam a ser uma novidade para Eurico Miranda. Após períodos intensos de tratamento enquanto esteve fora do Vasco – entre 2008 e 2014 –, o presidente superou momentaneamente uma doença na bexiga. Mas justamente em 2015, ao retomar o comando do clube, o tumor voltou.

Futebol