PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Atleticanos pregam "pés no chão", mas não deixam de comemorar o 1º título

Enrico Bruno

Do UOL, em Belo Horizonte

17/01/2016 19h14

É um torneio amistoso, é verdade, mas o Atlético-MG vai voltar para Belo Horizonte com a primeira taça de 2016. Além da vitória por 1 a 0 diante do Corinthians, o empate do Fluminense em 1 a 1 com o Shakhtar fez com que nenhum outro time tenha condições de alcançar o Galo, que já tem seis pontos na tabela da Florida Cup. Desta forma, o time de Aguirre encerra a pré-temporada nos Estados Unidos com 100% de aproveitamento e o título garantido.

“Fico feliz em ajudar, minha meta é essa. Consegui fazer um gol hoje, mas é um trabalho a longo prazo, termina só em dezembro. Começamos com o pé direito”, comentou o atacante Hyuri, autor do gol da vitória.

“Independente do título simbólico, o Atlético está fazendo um trabalho muito bom. É só o começo de temporada, a equipe mostrou muita vontade, mas temos que manter os pés no chão. O ano vai ser muito difícil, mas vamos tentar buscar os títulos. Confiamos no Aguirre, tem tudo para ser um grande 2016”, falou o lateral direito Marcos Rocha.

O zagueiro e capitão Leonardo Silva também mostrou a mesma cautela que o companheiro. Sem deixar de comemorar o feito, o camisa 3 valorizou o torneio, mas espera levantar ainda mais taças na temporada.

“Esperamos que isso continue. Vamos trabalhar forte, é sempre gostoso conquistar um título seja onde e de que maneira for. Esperamos ter mais pelo resto do ano. Trabalhamos bastante, fomos superiores porque trabalhamos muito. Nada mais merecido que conquistar esse título”, disse.

Futebol