PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Corinthians pode dar nova chance a Emerson, mas pede profissionalismo

Emerson Sheik leva macaca Cuta a treino do Corinthians - Reprodução/Instagram
Emerson Sheik leva macaca Cuta a treino do Corinthians Imagem: Reprodução/Instagram

Pedro Lopes

Do UOL, em São Paulo

16/12/2014 13h57

A chegada de Tite pode significar uma nova chance no Corinthians para Emerson. Depois de passar parte do ano emprestado ao Botafogo e depois treinando separadamente do elenco alvinegro, o Sheik pode ter oportunidade com o novo treinador. Para isso, porém, terá que mostrar profissionalismo.

"Pesa a idade, às vezes isso acontece na nossa própria casa, o clube que está, os companheiros que convive, a parte profissional da diretoria em questão, isso influencia. Ele caindo aqui no Corinthians verá que o processo não é de brincadeira, teve ídolos que não se comportaram bem aqui e acabaram indo embora, como o Jorge Henrique e o Adriano, que não estavam comprometidos e saíram. Caso ele venha e esteja comprometido, tenho certeza que vamos colher frutos do atleta", disse o gerente Edu Gaspar.

Tite tem uma relação antiga com Emerson: o atacante foi uma peça fundamental na conquista da Libertadores e do Mundial de Clubes em 2012. Por isso, o novo comandante alvinegro afirmou que não terá nenhum problema em trabalhar com o jogador em 2015.

"Todos os atletas são patrimônio do clube, serão respeitados e trabalhados de forma igual. O Sheik e todos os outros. Ele é atleta do clube, trabalho com todos", disse Tite.

A relação entre Emerson e a diretoria corintiana se desgastou em 2014, e o atacante acabou emprestado para o Botafogo, com parte dos salários pagas pelo Corinthians. No clube carioca, foi um dos líderes da insatisfação com o não pagamento aos atletas. Depois disso, retornou ao Parque São Jorge, mas não foi reintegrado ao elenco.

O elenco corintiano está de férias e se reapresenta no dia 5 de janeiro.

Futebol