Topo

Futebol


Juninho negocia para se tornar técnico do Lyon em breve, diz rádio francesa

Juninho Pernambucano, que anunciou sua aposentadoria do futebol em fevereiro passado, pode dirigir o Lyon - Vanderlei Almeida/AFP
Juninho Pernambucano, que anunciou sua aposentadoria do futebol em fevereiro passado, pode dirigir o Lyon Imagem: Vanderlei Almeida/AFP

Do UOL, em São Paulo

15/05/2014 14h59

Grande ídolo do Lyon, Juninho Pernambucano revelou que é um dos nomes cogitados para assumir o cargo de treinador do clube francês. Em entrevista nesta quinta-feira à Rádio Monte Carlo, da França, o ex-meia contou ter recebido um telefonema do presidente do Lyon, Jean-Michel Aulas, informando que ele era um dos cotados para assumir a vaga de Rémi Garde, que deixará o comando da equipe ao final dessa temporada.

"O presidente me ligou depois que o Remi anunciou que não seria mais o treinador do Lyon, me perguntando como eu estava e o que pensava sobre o futuro. Conversamos um pouco e ele me disse: “Você está entre um dos três ou quatro nomes que me vêm à cabeça [para dirigir o Lyon]. Voltemos a conversar em dez dias ou uma semana para discutir novamente. Eu, honestamente, me senti muito feliz por saber o que ele pensa sobre mim”, disse o jogador.

Embora jamais tenha tido uma experiência como técnico de futebol, Juninho contou não temer encarar a responsabilidade. "Não tenho medo algum de assumir o desafio mesmo não tendo experiência como treinador. A primeira vez que cheguei ao Lyon, eu tinha 26 anos. Era apenas um jogador de futebol, que só tinha que me esforçar para me adaptar a um sistema de jogo e ser capaz de me expressar. Agora tenho quase 40 anos, há muitas coisas que mudaram, mas vou pensar sobre isso. Vamos considerar e discutir."

Um impedimento para a consolidação do convite é que o futebol francês está inclinado a aderir à regra da Uefa de que, para exercer a profissão, todos os treinadores precisam ter um diploma chancelado. Ainda assim, Juninho se mostra confiante em assumir a função. "Eu nunca escondi que sempre quis continuar a participar no futebol como treinador. E acho que eu poderia conseguir", diz.

Como atleta do Lyon, Juninho conquistou sete vezes consecutivas o título do Campeonato Francês (2002, 2003, 2004, 2005, 2006, 2007 e 2008), uma vez a Copa da França (2008) e três vezes a Supercopa Francesa (2002, 2003 e 2004), além de ter sido eleito melhor jogador da temporada francesa em 2006.

O brasileiro se aposentou no início deste ano, quando deixou o Vasco, e recentemente, foi contratado para ser comentarista da Rede Globo.

Mais Futebol