PUBLICIDADE
Topo

Futebol

De olho em 2014, Palmeiras começa a conversar com atletas sobre renovação

Mauricio Duarte

Do UOL, em São Paulo

29/11/2013 06h00

O Palmeiras começa já na próxima semana a viver de fato o ano de 2014. Os atletas cujos contratos se encerram no fim de dezembro serão chamados para conversar antes de saírem de férias. O treinador Gilson Kleina, garantido como comandante alviverde no centenário do clube, já definiu quais atletas quer manter na equipe. Assim como foi feito com o técnico, a diretoria irá apresentar aos jogadores contratos com o modelo da produtividade.

“Vamos agora ver com quais jogadores desse elenco ele quer contar e com quais que chegam de empréstimo. Os outros serão vendidos ou emprestados”, declarou o presidente Paulo Nobre.

Entre os atletas que Kleina vê como prioridade estão o volante Márcio Araújo, o atacante Leandro e o zagueiro Vilson. Portanto, o trio deve inaugurar as negociações. Além deles, aguardam renovação. André Luis, Léo Gago, Marcelo Oliveira, Charles, Ananias, Ronny, Fernandinho, Rondinelly, Bruno. O lateral direito Luis Felipe deve ser mesmo negociado com algum clube europeu.

Há também atletas que estão emprestados a outros clubes e retornam ao Palmeiras no fim deste ano, que precisarão saber se serão aproveitados, ou não, no clube em 2014. É o caso de Luan, Deola, Maikon Leite, Patrick Vieira, Vitor, Tiago Real e Tinga, entre outros. Até o momento, Kleina não se manifestou sobre eles.

“Com os jogadores nós já iniciamos o conceito da produtividade no bicho. Estamos tentando ainda chegar em uma forma ideal para que essa produtividade fique clara. A produtividade não é para se pagar menos, mas para se pagar muito mais e onde todos ganham nessa relação”, explicou Nobre.

Isso significa que a intenção é oferecer um salário que seja complementado e possa ser aumentado de acordo com o rendimento do time e do atleta especificamente. Com os bônus, eles teriam um aumento em seus respectivos vencimentos.

O Palmeiras entra em campo pela última vez neste ano no próximo sábado, em Chapecó, contra a Chapecoense. O time garantiu o acesso à Série A e o título da segunda divisão nacional com antecedência, e agora apenas cumpre tabela.

Futebol