PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Na torcida do jogo da seleção, Kia encontra com Sanchez e promete surpresa aos corintianos

Em campo, o Brasil venceu a Dinamarca por 3 a 1 em primeiro de série de amistosos - AP Photo/Gero Breloer
Em campo, o Brasil venceu a Dinamarca por 3 a 1 em primeiro de série de amistosos Imagem: AP Photo/Gero Breloer

Fernando Duarte

DO UOL, em Hamburgo

26/05/2012 12h41

Se nas arquibancadas os torcedores dinamarqueses ocuparam a maioria dos lugares na Imtek Arena, a área VIP do estádio do Hamburgo durante o jogo da seleção brasileira era uma verdadeira Torre de Babel: além de treinadores de equipes europeias com jogadores na seleção de Mano, como o português José Mourinho (técnico do Real Madrid), a legião de convidados contou ainda com o polêmico empresário Kia Joorabchian, saudado ainda efusivamente pelo diretor de seleções da CBF e ex-presidente do Corinthians, Andrés Sanchez.

Sem se incomodar com a presença dos jornalistas brasileiros, que driblaram a segurança para entrar como penetras na área VIP, Kia disse ter uma surpresa para os torcedores Corinthians quando perguntado sobre futuros projetos. ‘’Mas vamos esperar eles ganharem a Libertadores primeiro’’, disse o iraniano, que dirigiu a MSI, quando o grupo teve uma parceria com o clube alvinegro na metade da década de 2000.

BLOGUEIROS OPINAM SOBRE A SELEÇÃO

"Hulk e Oscar pulverizaram a Dinamarca". Leia mais
"Vitória da seleção fortalece Marin, carrasco de Mano". Leia mais

Já Mourinho, flagrado por diversas câmeras na tribuna VIP, não apareceu na área comum. No resto do estádio, o clima era de jogo caseiro para a Dinamarca. A maior parte dos 51 mil ingressos para o amistoso ficou nas mãos de torcedores que desde a noite de quinta-feira já chegavam a Hamburgo, que fica apenas quatro horas de viagem de carro da capital do país escandinavo, Copenhague. Pintados e quse sempre bebendo quantidades industriais de cerveja, fizeram questão de vaiar o anúncio dos nomes dos jogadores da seleção brasileira, não perdoando sequer Mano Menezes.

PRÓXIMOS JOGOS DA SELEÇÃO

30/05Brasil x EUA
03/06Brasil x México
09/06Brasil x Argentina

O treinador, por sinal, teve pelo menos um cartaz de protesto erguido contra ele no estádio – assinado por torcedores brasileiros vivendo em Munique e pedindo Muricy Ramalho no comando da seleção. Curiosamente, uma gafe dos organizadores da partida fez ainda com que uma foto antiga de Mano Menezes com a camisa do Corinthians aparecesse no telão do estádio no momento da apresentação das equipes.

Futebol