PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Napoli bate Juventus, vence Copa da Itália e volta a conquistar título após era Maradona

Cavani comemora gol que abriu o placar para o Napoli na final da Copa da Itália   -  AFP PHOTO/FILIPPO MONTEFORTE
Cavani comemora gol que abriu o placar para o Napoli na final da Copa da Itália Imagem: AFP PHOTO/FILIPPO MONTEFORTE

Do UOL, em São Paulo

20/05/2012 18h00

O Napoli venceu a Juventus por 2 a 0, neste domingo, no estádio Olímpico, em Roma, e voltou a conquistar um título de expressão desde os tempos de Maradona e do brasileiro Careca, no final da década de 80 e início da de 90.

O primeiro gol de hoje foi marcado pelo uruguaio Cavani, de pênalti, aos 18min da segunda etapa. Hamsik, aos 37min, ampliou.

O histórico time de Maradona havia ganhado dois títulos da Série A italiana, em 87 a 90, a Copa da Itália de 87, a Supercopa da Itália de 90, e a Copa da Uefa de 89.


Depois desse período, amargou profundas crises e chegou até a disputar a terceira divisão.

Há dez anos um time que não é das cidades de Roma ou Milão não vencia torneio. O último havia sido o Parma, em 2002. De lá pra cá, Inter, quatro vezes, Roma e Lazio, duas cada, e Milan levaram a taça.

O Napoli chegou a ter bons momentos nesta temporada. Participou da Liga dos Campeões e se classificou em um grupo considerado o mais difícil do torneio, que tinha Bayern de Munique, Manchester City e Villarreal. Os italianos e alemães avançaram.

Nas oitavas de final do torneio europeu, o Napoli chegou a fazer 3 a 1 no Chelsea, no primeiro duelo, na Itália. Mas tomou 4 a 1 na volta e acabou vendo o time inglês avançar e depois se sagrar campeão.

O título sobre a Juventus tem gosto especial, já que o time de Turim foi campeão italiano de forma invicta. A partida marcou a despedida do atacante Del Piero, da Juventus, campeão da Copa do Mundo de 2006 com a seleção italiana.

 

Futebol