PUBLICIDADE
Topo

UOL de Primeira

Os bastidores do futebol em primeira mão


UOL de Primeira

Torcedores fazem "vaquinha" e pagam dívida do Cruzeiro com pai de santo

Gestão de Wagner Pires de Sá (foto) deixou dívida por acordo com babalorixá - Bruno Haddad/Cruzeiro
Gestão de Wagner Pires de Sá (foto) deixou dívida por acordo com babalorixá Imagem: Bruno Haddad/Cruzeiro
Exclusivo para assinantes UOL

Do UOL, em São Paulo

23/10/2020 04h00

A De Primeira apurou que um grupo de torcedores do Cruzeiro se uniu, há cerca de um mês, para quitar um débito do clube com um babalorixá - pai de santo -, contratado no ano passado, durante a gestão do então presidente Wagner Pires de Sá. Ao todo, a dívida era avaliada em R$ 4 mil.

Preocupados com a situação do clube na Série B do Campeonato Brasileiro 2020, torcedores se reuniram a fim de coletar dinheiro e pagar a dívida do clube. Como o valor era considerado relativamente baixo, o grupo comunicou à diretoria que realizaria o depósito por conta própria. Eles procuraram o babalorixá e acertaram o pagamento do montante. No fim de 2019, o clube havia contratado o profissional para tentar evitar o rebaixamento. O trabalho foi cotado em R$ 10 mil, e os mineiros só quitaram parte deste valor - R$ 6 mil. A história foi relatada com exclusividade pelo UOL Esporte em abril deste ano. (Por Guilherme Piu e Thiago Fernandes)

UOL de Primeira