PUBLICIDADE
Topo

Notícias em primeira mão dos bastidores do futebol, informações exclusivas sobre o seu time, novidades do mercado da bola e o melhor do jornalismo esportivo em um só lugar. Só para assinantes UOL!

FPF ajuda em socorro, e Canindé pode substituir Pacaembu na elite paulista

Canindé, estádio da Portuguesa -
Canindé, estádio da Portuguesa
Exclusivo para assinantes UOL

Do UOL, em São Paulo

09/06/2020 04h00

A Portuguesa tem dedicado tempo e recursos durante a paralisação da Série A2 do Campeonato Paulista à reforma do estádio do Canindé. O trabalho começou em abril e conta com apoio da Federação Paulista de Futebol na indicação de uma empresa de consultoria para melhorar o gramado e cuidar da manutenção mais urgente.

O "socorro" da FPF tem explicação: o estádio da Lusa é cotado para uso na elite do Estadual assim que as partidas forem retomadas para repor as ausências do Pacaembu e do Bruno José Daniel, onde hoje operam hospitais de campanha no combate ao coronavírus. Antonio Carlos Castanheira, presidente da Portuguesa, admite um "olhar diferente" das autoridades do futebol paulista: "Há conversas e elogios." O Canindé não recebe jogos da Série A1 desde 2014. (Por Gabriel Carneiro)

FPF aguarda liberação política por treinos já na próxima segunda

A direção da Federação Paulista de Futebol trabalha com a informação de que o poder público pode liberar os treinos na capital a partida da próxima segunda-feira, dia 15. A ideia, ainda tratada apenas nos bastidores, já é comentada pelo prefeito Bruno Covas (PSDB), que agora aguarda um posicionamento do governador do Estado, João Dória (PSDB). A FPF adiou a reunião que faria com os clubes de hoje (9) para amanhã (10) na expectativa de que haja a liberação neste intervalo de tempo, viabilizando a discussão com os clubes sobre os protocolos para evitar a contaminação por covid-19 no momento da retomada das atividades. (Por Marcel Rizzo e Pedro Ivo Almeida)

Corinthians fará testes em jogadores até 72 horas antes de retorno ao CT

O Corinthians aguarda o aval das autoridades médicas para voltar aos treinos presenciais no CT Joaquim Grava, mas já faz planos para o retorno. O departamento médico do clube prevê realizar testes de Covid-19 dias antes da retomada. O procedimento acontecerá de 48 a 72 horas antes dos trabalhos no centro de treinamento. O clube, inclusive, já acertou uma parceria com um laboratório para realizar a testagem. A ideia é testar aproximadamente 100 pessoas em um primeiro momento. O departamento médico do Corinthians acredita que a coleta de outros exames, como de familiares, vai depender do resultado desses iniciais. (Por Diego Salgado)

Guia da CBF veta beijo na bola, troca de flâmulas e comemoração em grupo

O Guia Médico de Sugestões da CBF, documento de 32 páginas obtido pela De Primeira e que reúne medidas de proteção ao coronavírus quando a bola voltar a rolar, recomenda que não haja "beijo na bola", que seja proibida a troca de flâmulas entre os capitães e que a comemoração de gols seja "obrigatoriamente individual e sem contato entre os atletas". A entidade dividiu em fases o retorno das atividades e detalhou todas as providências necessárias para treinos e jogos. Ainda não há o martelo batido quanto a uma data para que o Brasileiro seja iniciado, assim como a Copa do Brasil volte a ser disputada. O Guia, por sua vez, será lançado nesta terça (9). (Por Leo Burlá)

Cruzeiro aguarda dinheiro de transferência de Edu para pagar salários

O Cruzeiro já tem um destino para os R$ 2,5 milhões que receberá da transferência do zagueiro Edu para o Athletico-PR. O clube vai usar o valor para quitar a folha salarial, avaliada atualmente em menos de R$ 3 milhões por causa dos cortes salariais feitos no início do ano e devido às reduções em meio à pandemia do novo coronavírus. A De Primeira apurou com uma fonte da atual diretoria que os atletas já foram informados que o dinheiro será usado para quitar a folha salarial referente a abril. O clube ainda não pagou também o mês de maio ao elenco. (Por Thiago Fernandes)