PUBLICIDADE
Topo

Notícias em primeira mão dos bastidores do futebol, informações exclusivas sobre o seu time, novidades do mercado da bola e o melhor do jornalismo esportivo em um só lugar. Só para assinantes UOL!

São Paulo tenta acalmar Volpi e já estuda pagamento para segurar goleiro

Tiago Volpi é desejo do São Paulo FC para seguir no clube em 2020. Clube se organiza para pagar e manter goleiro - Marcello Zambrana/AGIF
Tiago Volpi é desejo do São Paulo FC para seguir no clube em 2020. Clube se organiza para pagar e manter goleiro
Imagem: Marcello Zambrana/AGIF

Do UOL, em São Paulo e no Rio de Janeiro

23/08/2019 04h00

Internamente, o São Paulo conta com a presença de Tiago Volpi no elenco de 2020. O clube estuda como pagar para o Querétaro, do México, os 5 milhões de dólares previstos em contrato (R$ 20,39 milhões), e qual o momento certo para negociar o acordo. A ideia do time do Morumbi é de parcelar a quantia. O vínculo atual é válido somente até o fim deste ano, por isso, apesar do otimismo tricolor, o arqueiro demonstrou preocupação para pessoas próximas.

Desta maneira, o goleiro mantém a cautela e não descarta totalmente a possibilidade de voltar para o México. Afinal, a situação do atleta ainda não foi definida. Os integrantes do departamento de futebol fazem uma avaliação bastante positiva do jogador, que é um dos mais dedicados nos treinamentos, um líder dentro de campo e deu conta de suportar a pressão de substituir o posto que um dia foi de Rogério Ceni. (Por José Eduardo Martins)

Mais SPFC: Transmissão de jogo "cego" atinge 1,2 milhão no YouTube

Em jogo que não passou na televisão, na última quarta-feira o São Paulo armou uma operação inovadora para narrar pela internet a vitória por 1 a 0 sobre o Athletico. Foram oito funcionários da "SPFC TV" destacados para a cobertura na Arena da Baixada, e o esforço deu resultado: cerca de 1,2 milhão de visualizações no YouTube, com pico de audiência de 100 mil pessoas nos acréscimos da partida, resultado classificado como "gigante" no clube. A cobertura atraiu quase 30 mil novos inscritos ao canal oficial do clube, que recentemente bateu recordes de visualizações com a apresentação de Daniel Alves. O trabalho em Curitiba, porém, não saiu sem certa emoção: um voo atrasado dificultou a chegada de parte da equipe da SPFC TV ao estádio, problema que acabou encurtando o pré-jogo. (Por Arthur Sandes)

Justiça volta a penhorar Santos por dinheiro de solidariedade de Neymar

A Justiça de São Paulo voltou a autorizar ontem uma penhora de até 2,2 milhões nas contas do clube para garantir um pagamento à empresa FK Sports. A FK comprou um crédito da Quantum Solutions, que teria direito ao valor por intermediar o recebimento do mecanismo de solidariedade da venda de Neymar do Barcelona para o PSG. O alvinegro contesta a dívida na Justiça, e diz que os contratos com a Quantum foram firmados de forma irregular na gestão anterior, do presidente Modesto Roma Júnior. Enquanto se defende, o clube tenta substituir a penhora de recursos financeiros por imóveis, incluindo a Vila Belmiro, para não afetar o dia a dia dos pagamentos. (Por Pedro Lopes)

Inter estuda fretar voo para ter Guerrero na final da Copa do Brasil

O Internacional está ciente que Guerrero será convocado para os amistosos da seleção peruana. No entanto, o Colorado não desistiu de ter o atacante em ao menos um dos jogos que ele perderia em razão dos jogos contra Equador e Brasil, ambos nos Estados Unidos. O Colorado, inicialmente, não tem perspectiva da participação dele no jogo de volta da semifinal, contra o Cruzeiro, pois não daria tempo de partir depois da partida e se apresentar à seleção. Mas caso vá à final, o Inter irá estudar o fretamento de um voo que o leve de Los Angeles até o local onde será realizado o jogo de ida da decisão. Guerrero chegaria no dia da partida, com pouco descanso, mas seria um esforço justificado com a chance de título. (Por Marinho Saldanha)

Vasco: Carlos Leite já doou cerca de R$ 1 mi para CT e pode dobrar valor

O empresário Carlos Leite, antigo parceiro comercial do Vasco, já doou cerca de R$ 1 milhão - valor a ser utilizado para burocracias iniciais - para a criação do projeto de um novo centro de treinamento do clube, na Barra da Tijuca (RJ). A expectativa é de que o agente contribua com mais R$ 1 milhão para a construção do local. Além dele, vascaínos ilustres também deverão efetuar doações diretas ao clube, assim como torcedores - via site "Kickante" - que quiserem ajudar na campanha de financiamento coletivo que foi iniciada e divulgada ontem em evento. (Por Bruno Braz)

Mesmo após rescisão, Botafogo e Biro Biro mantêm "namoro" para 2020

Biro Biro não é mais jogador do Botafogo. O atacante e o Alvinegro rescindiram o contrato em acordo entre as partes para que o atleta não tenha pressa em um retorno e o clube não precise pagar seus salários. O clima entre as duas partes, no entanto, segue ótimo. Tanto que General Severiano é o provável destino do jogador em 2020 caso ele seja aprovado nos exames e possa dar sequência à carreira. Já há um "namoro" para isso. Há pouco mais de um mês, ele sofreu arritmia e teve uma síncope durante o treinamento. Desde então, passou a fazer exames para identificar o que pode ter gerado o problema. (Por Bernardo Gentile)

Flamengo: proposta de punir quem vazar infos causa polêmica no Conselho

Convocada para o dia 2, a próxima reunião do Conselho Deliberativo do Flamengo está causando polêmica. Alguns conselheiros externaram insatisfação com uma das pautas do encontro, que analisa mudança no Artigo 52 do Estatuto, que visa punição àqueles que tornarem "público assunto de caráter interno, que provoque prejuízo direto de imagem ao Flamengo", segundo trecho da proposta. Conselheiros estão chamando a alteração de "Lei da mordaça" e alguns ressaltam que o texto vasto da proposta pode dar margem a diversas interpretações. Há uma movimentação entre alguns grupos políticos para que a proposta seja rejeitada. (Por Alexandre Araújo)

Mais Fla: Clube providencia blazer customizado sob medida para Jesus

Desde que chegou ao Flamengo, o técnico Jorge Jesus optou por um visual mais despojado à beira do campo. No jogo contra o Internacional, no entanto, o "Mister" musou seu estilo e adotou um blazer preto com um escudo vermelho do Flamengo, traje que foi feito sob medida para o luso. Em uma conversa, o treinador comentou que usava esse tipo de roupa no futebol europeu, o clube ofereceu customizar uma opção mais formal para ele, que gostou da ideia e trocou o agasalho por um "look" diferente no Maracanã. (Por Leo Burlá)