PUBLICIDADE
Topo

Notícias em primeira mão dos bastidores do futebol, informações exclusivas sobre o seu time, novidades do mercado da bola e o melhor do jornalismo esportivo em um só lugar. Só para assinantes UOL!

SP aceitou software de graça com condição de manter Pinotti na diretoria

Vinicius Pinotti, diretor de futebol do São Paulo, durante um treino do clube no CT da Barra Funda - Marcello Zambrana/AGIF
Vinicius Pinotti, diretor de futebol do São Paulo, durante um treino do clube no CT da Barra Funda
Imagem: Marcello Zambrana/AGIF

Do UOL, em São Paulo

25/10/2017 04h00

O São Paulo condicionou o uso de um software de forma gratuita à manutenção de Vinicius Pinotti, hoje no comando do futebol, na diretoria tricolor. O toma lá dá cá aconteceu em 2016, quando Luís Roberto Demarco, hoje oposicionista, ofereceu ao clube um programa destinado ao chat entre associados do programa de sócio-torcedor e funcionários do Morumbi. Em um email, Demarco condiciona a cessão sem custos do produto à manutenção de Vinicius Pinotti na administração (veja o email aqui). À época no comando do marketing tricolor, o hoje diretor de futebol era sócio de Demarco em uma empresa sem ligação com o esporte.

O São Paulo aceitou a condição imposta e passou a utilizar o produto. Quase um ano depois, descontente com os rumos da administração, Demarco decidiu cobrar pelo uso da ferramenta e foi à Justiça. Para se defender, o clube se apoia na permanência de Pinotti, dizendo que "as partes negociaram o comodato gratuito do software Orbium, por prazo indeterminado, condicionado à permanência de Vinicius Pinotti na Diretoria do SPFC". O clube diz, inclusive, que usa as bases negociais contidas no email por entender que “todos os elementos do contrato de comodato” constam no correio eletrônico. O São Paulo não reconhece a dívida e isenta Pinotti de qualquer participação no negócio e na cobrança. Já Demarco promete desistir de receber o valor se a gestão Leco responder uma carta enviada por ele em agosto, na qual cobra transparência da diretoria. (Por Pedro Lopes)

SP sofre cobrança de impostos por terreno em São Vicente

O São Paulo está sofrendo cobrança judicial de R$ 150 mil por não pagar IPTU de um terreno localizado em São Vicente.

A autora da execução é a prefeitura local, e os débitos já foram inscritos na dívida ativa – o clube será intimado para realizar o pagamento em até cinco dias. (Por Pedro Lopes)

SP vê reação de Jucilei como fruto de diálogo com a comissão

Jucilei voltou a ser titular do São Paulo no último domingo e se destacou na vitória do último domingo. Foi uma reviravolta para o volante que no início do trabalho de Dorival Júnior foi substituído seguidas vezes e foi parar no banco. Jucilei, então, foi buscar o diálogo. Conversas com Dorival e o auxiliar Lucas Silvestre passaram a ser comuns, com questionamentos sobre em que pontos o volante precisava melhorar. O esforço foi reconhecido pela comissão, que resolveu prestigiá-lo atendendo a um pedido de mudança de posição: de meia direita para primeiro volante, invertendo com Petros. A troca deu resultado diante do Flamengo e o empenho e consciência do jogador foram colocados internamente como exemplares. (Por Bruno Grossi)

Marcos manda cerveja para Neymar em Paris

No embalo do lançamento de seu clube para todo o Brasil, Marcos enviou um kit de sua marca de cerveja para Neymar. O goleiro entrou no ramo das bebidas neste mês e enviará um exemplar de sua produção para a casa dos associados. Recentemente, em passagem pelo CT do Palmeiras para treinar pela seleção brasileira, o jogador do PSG tirou uma foto de um pôster do ex-goleiro e colocou nas redes com a palavra "ídolo". (Por Danilo Lavieri)

Cruzeiro: Ex-cartola faz festa com Molejo por título

Bruno Vicintin, ex-vice-presidente do Cruzeiro, enfim pagou a promessa que fez aos atletas por conta do título da Copa do Brasil. O antigo homem forte do futebol na Toca da Raposa II fez uma festa em sua fazenda na última segunda-feira (23) para celebrar a conquista do quinto título do torneio por parte dos mineiros. Até o grupo de pagode Molejo participou da confraternização nas terras do empresário. Para que não houvesse problemas em relação ao cronograma, a comissão técnica evitou marcar treinamentos nos dias seguintes ao clássico contra o Atlético-MG. O time mineiro não trabalhou na segunda e na terça-feira. (Por Thiago Fernandes)

CBF amplia Granja de olho na Copa-2018

Reformada antes da Copa de 2014, a Granja Comary recebe mais uma obra de modernização às vésperas de um novo Mundial. A CBF iniciou nas últimas semanas a construção de um Centro de Excelência em Fisiologia no Centro de Treinamento em Teresópolis, região serrana do Rio de Janeiro. A ideia é ter o local pronto antes da segunda quinzena de maio, quando o time de Tite ficará de quatro a cinco dias no local, na etapa inicial da preparação para o torneio na Rússia. Lá serão realizados testes físicos mais aprofundados e exercícios de recuperação de atletas. (Por Pedro Ivo Almeida)