PUBLICIDADE
Topo

Notícias em primeira mão dos bastidores do futebol, informações exclusivas sobre o seu time, novidades do mercado da bola e o melhor do jornalismo esportivo em um só lugar. Só para assinantes UOL!

Última estrela a chegar, Neymar fica sem camarote no estádio do PSG

Neymar em sua apresentação ao PSG; atacante precisa pegar camarote do dono "emprestado" se quiser levar VIP"s - AFP PHOTO / ALAIN JOCARD
Neymar em sua apresentação ao PSG; atacante precisa pegar camarote do dono "emprestado" se quiser levar VIP's
Imagem: AFP PHOTO / ALAIN JOCARD
Conteúdo exclusivo para assinantes

Do UOL, em São Paulo

27/09/2017 04h00

Jogador mais caro da história e grande estrela do PSG, Neymar tem quase tudo que precisa no clube francês. Apesar de todos os esforços dos dirigentes para atender o brasileiro, ele segue em uma coisa importante na nova casa: um camarote para chamar de seu no estádio Parque dos Príncipes. Neymar foi a última das grandes estrelas a chegar ao Paris para a temporada atual e, com isso, acabou ficando sem o espaço que o clube disponibiliza para atletas.

Mais antigos no clube, nomes como Marquinhos e Thiago Silva conseguiram alugar camarotes para a jornada 2017/18. Além deles, patrocinadores e torcedores mais endinheirados fizeram o mesmo, esgotando os espaços de 20 lugares cada. Ainda assim, a estrela brasileira consegue acomodar seus familiares, amigos e estafe entre os “vips”. Quando necessário, o grupo acaba frequentando o camarote presidencial de Nasser Al-Khelaïfi, dono e mandatário do PSG. (Por Pedro Ivo Almeida)

SP: Outra fornecedora. Ou a própria Under Armour

Como a Under Armour negocia com o São Paulo a rescisão de seu contrato, o departamento de marketing do Tricolor passou a procurar um outro fornecedor de material esportivo. Até o momento, no entanto, o clube ainda não encontrou um possível acordo. Por isso mesmo, também não está descartada a possibilidade de o São Paulo rescindir com a Under Armour para assinar um outro contrato com a mesma empresa, mas com um valor mais baixo do que o praticado hoje.

A empresa, neste cenário, teria de pagar uma multa para conseguir a redução. Atualmente, a multinacional paga cerca de R$ 16 milhões e fornece mais R$ 12 milhões de material esportivo por ano. (Por José Eduardo Martins)

Patrocinador troca CBF “suja” por Tite “limpo”

Em novembro de 2016, após a série de escândalos envolvendo dirigentes da CBF, a Samsung rompeu contrato de patrocínio de R$ 20 milhões com a confederação. Na justificativa, uma “revisão da estratégia de patrocínio”. A ideia era clara: se desvincular de temas polêmicos ou “sujos” e procurar imagens “limpas” para associar a marca. E o novo garoto-propaganda veio justamente da seleção. Tite fechou acordo até a Copa do Mundo de 2018 com a gigante sul-coreana. O treinador assina seu primeiro grande contrato publicitário justamente com uma marca que não teve rescisão das mais amigáveis na entidade de Marco Polo Del Nero. (Por Pedro Ivo Almeida)

Corinthians: Alexandre Frota entra na eleição

Durante cinco anos atleta do Corinthians Steamrollers, equipe de futebol americano do clube, o artista Alexandre Frota se considera torcedor alvinegro e resolveu participar do processo eleitoral do clube. Ele é um dos apoiadores de Roque Citadini, um dos candidatos opositores, com quem pretende colaborar em projetos de marketing.  “Vou trabalhar ligado direto ao Citadini e tenho a missão de ajudar o clube nas mais diversas áreas. Eu vou ajudar a planejar, criar e produzir conteúdos, além dos formatos antigos do clube”, prometeu Frota, em contato com a coluna. “São apenas dois candidatos. Citadini é o nome certo e o outro [Andrés Sanchez] é apregoado por uma série de distúrbios políticos, sociais e econômicos”, protestou ele, que é ideologicamente ligado à direita. Apesar dos comentários de Frota, hoje há seis pré-candidatos à presidência do Corinthians. (Por Dassler Marques)

Conflito aéreo e PSG x Fortaleza

O governo do Ceará tem um sonho ambicioso: levar o Paris Saint-Germain e o atacante Neymar à Arena Castelão, para um amistoso contra o Fortaleza. A amarração de um possível jogo se deu com o anúncio de que as companhias aéreas Air France e KLM escolheram a capital cearense como seu hub no Nordeste brasileiro. O problema é que as empresas são concorrentes da principal patrocinadora do PSG, a Emirates. O jogo seria uma forma de comemorar o acordo, que levará voos diretos de Paris e Amsterdã a Fortaleza, e de comemorar os cem anos do Fortaleza, em 2018, informou o secretário de esporte do Ceará, Euler Barbosa, ao GloboEsporte.com. A coluna apurou, porém, que mesmo o governo não está otimista com relação à partida devido a conflito de datas e, claro, a questão entre patrocinadores. Mesmo assim será feito um convite oficial, por meio da Lagardere, a empresa francesa que administra o Castelão. (Por Marcel Rizzo)

Luís Fabiano por pouco não jogou no Inter

Hoje centroavante do Vasco, Luis Fabiano recebeu proposta do Inter no começo do ano. E aceitou. Foi o primeiro comandante de ataque procurado pela atual direção do clube colorado, que já tinha tentado a contratação dele em 2015 (quando comandava o clube). A família do “Fabuloso”, porém, pressionou para ele ficar no 'eixo' Rio-SP. Com isso, ele acabou acertando com o Vasco em uma proposta inferior à feita pelo clube gaúcho. Com a recusa, o Inter inicialmente freou a busca por um centroavante no primeiro semestre. Mais tarde, sentiu falta e acabou fechando com Leandro Damião em agosto. (Por Marinho Saldanha)