PUBLICIDADE
Topo

Notícias em primeira mão dos bastidores do futebol, informações exclusivas sobre o seu time, novidades do mercado da bola e o melhor do jornalismo esportivo em um só lugar. Só para assinantes UOL!

Sem holofote: Tite veta homenagem e badalação em jogo do Brasil no RS

Jason Reed-13.jun.2017/Reuters
Imagem: Jason Reed-13.jun.2017/Reuters
Conteúdo exclusivo para assinantes

Do UOL, em São Paulo

28/07/2017 04h00

Local do próximo jogo da seleção nas eliminatórias, a Arena Grêmio seria palco também de homenagens ao técnico Tite, antes do duelo contra o Equador – no dia 31 de agosto. No entanto, nada de festa. E o veto partiu do próprio treinador. Discreto, o comandante do time brasileiro recusou holofote e badalação idealizados pelo presidente da Federação Gaúcha, Francisco Noveletto.

O cartola queria aproveitar a passagem de Tite pelo seu Estado de origem para festejar. Até mesmo uma pequena homenagem à mãe do treinador, dona Ivone Bachi, estava na programação inicial do dirigente. “Seria difícil por ser um jogo de protocolo Fifa, mas ele também já não quis. Nem antes da partida. Conversamos e ele pediu discrição. Ele é um cara simples mesmo”, explicou Noveletto. (por Pedro Ivo Almeida)

Os milhões (de reais) que separaram Rodrigo Caio do Zenit

Rodrigo Caio disse não ao Zenit. Apesar de não ter dado os motivos, a De Primeira apurou, com pessoas envolvidas na negociação, que o clube russo não aceitou pagar os 18 milhões de euros (R$ 64,8 milhões) referentes à multa rescisória.

A oferta máxima à vista foi de R$ 48,6 milhões, ou seja R$ 16,2 milhões inferior ao valor estipulado em contrato. O São Paulo e o zagueiro não pretendem fechar uma transferência por um valor abaixo da multa. O jogador nunca escondeu o desejo de um dia atuar no futebol europeu e até chegou a cogitar a oportunidade de jogar no Zenit. (por José Eduardo Martins)

Gabriel Jesus em amistoso do Manchester City em Los Angeles (EUA) - Lucy Nicholson/Reuters - Lucy Nicholson/Reuters
Gabriel Jesus em amistoso do Manchester City em Los Angeles (EUA)
Imagem: Lucy Nicholson/Reuters

Palmeiras contra-ataca sindicato por conta de Gabriel Jesus

Diante de cobrança de mais de R$ 1 milhão da Federação das Associações de Atletas Profissionais (Faap) em uma taxa sobre a venda de Gabriel Jesus ao Manchester City, o Palmeiras contra-atacou: entrou com ação exigindo que a entidade mostre como utiliza seu dinheiro em defesa dos interesses de jogadores nos últimos dois anos. A Faap reúne todos os sindicados de atletas do Brasil e, pela Lei Pelé, cobra 0,8% sobre todas as transferências de jogadores domésticos e para o exterior. (por Pedro Lopes)

Elton durante jogo do Corinthians contra o Guarani, em 2012 - Moacyr Lopes Junior-10.mar.2012/Folhapress - Moacyr Lopes Junior-10.mar.2012/Folhapress
Elton durante jogo do Corinthians contra o Guarani, em 2012
Imagem: Moacyr Lopes Junior-10.mar.2012/Folhapress

Corinthians sofre cobrança de empresários de Jadson

O Corinthians sofre na Justiça uma cobrança de R$ 420 mil feita pela empresa Think Ball, que cuida da carreira de Jadson. A dívida, entretanto, nada tem a ver com o camisa 10 do alvinegro, e é referente à rescisão dos direitos de imagem do centroavante Elton, que marcou apenas três gols pelo clube entre 2012 e 2014, passando a maior parte desse tempo emprestado a outros clubes. (por Pedro Lopes)

Botafogo tem receitas da Globo penhoradas

A Justiça de São Paulo determinou a penhora judicial de R$ 3 milhões das receitas pagas ao Botafogo pela Globo, a título de direitos de transmissão. O bloqueio se deve a uma ação movida pelos empresários Thiago Ferro e Guilherme Miranda, ambos ex-membros da DIS, e Fernando Garcia, que emprestaram dinheiro ao clube carioca em 2013. (por Pedro Lopes)

Mirando Ricardo Teixeira

Vai ficar a cargo do Ministério Público Federal do Rio de Janeiro analisar os documentos que levaram Ricardo Teixeira a ser procurado pela Interpol. A investigação foi feita pelas autoridades espanholas e solicitadas pela Secretaria de Cooperação Internacional da Procuradoria-Geral da República, mesmo órgão que negociou com a Suíça informações que reforçaram a Operação Lava Jato e envolveram políticos como Eduardo Cunha. (por Felipe Pereira)

Fernando Diniz visita o amigo Dorival

Sem clube desde que saiu do Audax em junho, Fernando Diniz esteve no CT da Barra Funda nesta quarta-feira (26). O treinador visitou as instalações do São Paulo à convite do colega Dorival Júnior. Os dois são amigos e esta não é a primeira vez que o Tricolor recebe este tipo de convidado. O português Sérgio Vieira, que era técnico do São Bernardo no Campeonato Paulista, por exemplo, também já acompanhou treinamentos do São Paulo. (por José Eduardo Martins)

Profissionalismo no Palmeiras

Está em discussão no Palmeiras a reforma estatutária e ela não deve ter a profissionalização como garantia. Essa foi uma das bandeiras de Paulo Nobre para se eleger, mas o ex-presidente deixou o cargo após quatro anos sem entregar a mudança do documento. Com uma comissão com novos nomes, Maurício Galiotte promete finalizar essa reformulação. A diferença é que o novo grupo agora tem muito mais influência de Mustafá. Como consequência, é praticamente certo que a profissionalização não seja instituída como obrigatória. (por Danilo Lavieri)