PUBLICIDADE
Topo

França

Federação francesa afirma que Deschamps será técnico da seleção até 2020

Didier Deschamps ergue a taça da Copa do Mundo - Shaun Botterill/Getty Images
Didier Deschamps ergue a taça da Copa do Mundo Imagem: Shaun Botterill/Getty Images

Da EFE, em Paris

19/07/2018 06h15

Classificação e Jogos

 O presidente da Federação Francesa de Futebol (FFF), Noël Le Graët, confirmou nesta quinta-feira que Didier Deschamps continuará como técnico da seleção bicampeã mundial até 2020, pelo menos, como está acordado em contrato.

- Por que perdemos? Os fatores que contribuíram para a queda da seleção
- Perrengues na Rússia: de motorista dorminhoco a hotel de filme de terror
Copa mostra que árbitro de vídeo pode minar agressões e "malandragens"

"Didier ficará até 2020. Eu mesmo seguirei até 2020", afirmou o dirigente ao canal "BFMTV".

Perguntado diretamente sobre a possibilidade de Zinedine Zidane assumir o banco de reservas dos "Bleus", Graët revelou que não houve nenhum movimento positivo da parte do ex-técnico do Real Madrid.

"Não houve vontade da parte dele, nenhuma manifestação, de treinar a seleção", resumiu.

O presidente da federação homenageou Deschamps, afirmando que o treinador trabalha bastante e não deixa margem para improvisações, e também ao time campeão do mundo, que nas palavras dele "se tornou quase imbatível".

França