PUBLICIDADE
Topo

Bélgica

Atacante diz que Bélgica não vai subestimar Japão e lembra "susto" em 2014

Dries Mertens celebra após marcar para a seleção da Bélgica contra o Panamá - Richard Heathcote/Getty Images
Dries Mertens celebra após marcar para a seleção da Bélgica contra o Panamá Imagem: Richard Heathcote/Getty Images

Do UOL, em São Paulo

30/06/2018 10h47

Classificação e Jogos

Embora muitos considerem a Bélgica x Japão o duelo mais desequilibrado das oitavas de final da Copa do Mundo da Rússia, o atacante Dries Mertens disse que a seleção europeia não vai subestimar os adversários da próxima segunda-feira, às 15h (de Brasília)

- Veja a tabela completa, as datas e as chaves das oitavas de final
- Simule os resultados e veja como ficam as quartas de final
- Neymar S/A: a engrenagem por trás do maior jogador de futebol do Brasil

O jogador enalteceu a campanha japonesa na primeira fase, com vitória sobre a Colômbia e classificação em grupo que ainda tinha Polônia e Senegal, e disse que não faltará respeito.

“Nós não vamos subestimar. Nós temos muito respeito pelo Japão e nós não pensamos que vamos ganhar o jogo facilmente. Japão é um grande time. Eles ganharam contra a Colômbia e eles têm um grupo muito forte”, disse.

Mertens, no entanto, concorda que a Bélgica é favorita. Sem esquecer que em 2014, em um cenário parecido, a seleção sofreu para vencer por 2 a 1 os Estados Unidos nas oitavas de final. O time passou apesar de um sufoco no final do jogo, mas acabou eliminado na sequência pela Argentina.

"Somos os favoritos para o jogo contra o Japão. Mas olhe para o jogo contra os EUA em 2014. Estávamos melhor, mas eles tiveram uma chance no último minuto e poderíamos ter sido eliminados”, disse.

Bélgica