PUBLICIDADE
Topo

Suárez minimiza rivalidade com Pepe e Ronaldo antes de pegar Portugal

Luis Suárez foi um dos destaques do Uruguai na primeira fase da Copa - AFP PHOTO / Fabrice COFFRINI
Luis Suárez foi um dos destaques do Uruguai na primeira fase da Copa Imagem: AFP PHOTO / Fabrice COFFRINI

Do UOL, em São Paulo

29/06/2018 13h03

Classificação e Jogos

O atacante Luis Suárez tratou de minimizar as rivalidades pessoais na véspera do duelo entre Uruguai e Portugal pela Copa do Mundo. Na entrevista pré-jogo desta sexta-feira (29), o jogador do Barcelona foi questionado pelos repórteres sobre o astro Cristiano Ronaldo e sobre o zagueiro Pepe, mas preferiu valorizar a importância do duelo para os dois países.

- Veja a tabela completa, as datas e as chaves das oitavas de final
- Simule os resultados e veja como ficam as quartas de final
- Neymar S/A: a engrenagem por trás do maior jogador de futebol do Brasil

Perguntado sobre um duelo direto com Pepe, hoje zagueiro do Besiktas, da Turquia, disse: "Eu não jogo sozinho contra Pepe, Fontes ou Bruno Alves. Somos onze contra onze. Não priorize o aspecto individual, mas o grupo. Estamos conscientes de que devemos ser bons em nível coletivo. Precisamos que a equipe seja compacta e mentalmente motivada para vencer."

Quando os jornalistas insistiram sobre ele e Cristiano Ronaldo levarem para Sochi uma rivalidade presente nos confrontos entre Barcelona e Real Madrid, Suárez novamente se esquivou. "A rivalidade com Cristiano na Espanha é muito diferente. Lá cada um compete para dar o melhor para sua equipe. Aqui estamos em uma Copa do Mundo e o sentimento pela camisa da seleção é especial, muito diferente para ambos. Nós vamos querer fazer o nosso melhor para ganhar ", destacou.

Mas não é apenas uma suposta rivalidade clubística que estava na pauta. Os repórteres também quiseram saber de Suárez se existe uma disputa interna entre ele o companheiro de ataque Edison Cavani para ver quem marca mais gols e é mais protagonista na campanha.

Suárez, mais uma vez, preferiu falar do coletivo. "Nos conhecemos há muito tempo. Há mais de dez anos que jogamos juntos na seleção, desde que completamos 19 anos na equipe sub-20. A rivalidade passa por querer obter o melhor no nível de equipe, é isso que priorizamos. Não há objetivos pessoais, mas sim do grupo, para que o Uruguai continue avançando no mundo."

Uruguai e Portugal se enfrentam neste sábado, às 15 horas (de Brasília), em Sochi, no segundo jogo das oitavas de final da Copa. Mais cedo, às 11h, França e Argentina duelam em Kazan. Os vencedores dos dois duelos se enfrentam nas quartas.

Uruguai