PUBLICIDADE
Topo

Coluna

Menon


Menon

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Fernando Prass, o herói discreto, sai de cena

Menon

Meu nome é Luis Augusto Símon e ganhei o apelido de Menon, ainda no antigo ginásio, em Aguaí. Sou engenheiro que nunca buscou o diploma e jornalista tardio. Também sou a prova viva que futebol não se aprende na escola, pois joguei diariamente, dos cinco aos 15 anos e nunca fui o penúltimo a ser escolhido no par ou ímpar. Aqui, no UOL, vou dar seguimento a uma carreira que se iniciou em 1988. com passagens pelo Trivela, Agora, Jornal da Tarde entre outros.

26/02/2021 14h49Atualizada em 26/02/2021 16h36

Fernando Prass é tão discreto, tão perfil baixo que não entrou em campo no...jogo de despedida. Estava no banco de reservas vendo Richard jogar.

Com certeza, estava torcendo por ele, gritando por ele...

Prass é assim, sempre foi assim: um jogador de grupo, alguém que sempre fez o melhor e que sempre deu mais do que poderia dar.

Imagine que Prass seja um goleiro nota 7. E que um time tenha mais dez jogadores nota 7, com sua personalidade e seu comprometimento. A média seria 7, lógicamente, mas o rendimento do time seria mais que 7.

É o fim de uma carreira digna. Palmeiras, Vasco, Ceará e Coritiba sabem disso.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Menon