PUBLICIDADE
Topo

Marcel Rizzo

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Libertadores mantém gol fora de casa como desempate na fase de grupos

Libertadores e Sul-Americana mudaram regulamento para as edições de 2022 - Divulgação/Conmebol
Libertadores e Sul-Americana mudaram regulamento para as edições de 2022 Imagem: Divulgação/Conmebol
Marcel Rizzo

Marcel Rizzo - Formado em jornalismo em 2000 pela PUC Campinas, passou pelas redações do Lance!, Globoesporte.com, Jornal da Tarde, Portal iG e Folha de S. Paulo, no qual editou a coluna Painel FC. Cobriu Copas do Mundo, Olimpíada e dezenas de outros eventos esportivos.

Colunista do UOL

27/12/2021 11h01

Os regulamentos das edições 2022 da Libertadores e da Sul-Americana confirmaram o fim do gol como visitante como critério de desempate nos jogos eliminatórios das duas competições, como já havia anunciado o presidente da Conmebol (Confederação Sul-Americana de Futebol), Alejandro Dominguez. Mas não é 100% o fim do gol qualificado, como a regra é chamada.

A confederação manteve, como em anos anteriores, o gol como visitante como o terceiro dos quatro critérios de desempate das fases de grupos da Libertadores e da Sul-Americana:

1 - saldo de gols (subtração dos gols marcados com os sofridos);
2 - maior número de gols marcados;
3 - maior número de gols marcados como visitante;
4 - melhor posição no ranking de clubes da Conmebol de 2022 (já divulgado).

É o mesmo pacote do regulamento de 2021, que exclui algo que era muito usado em anos anteriores, o sorteio para definir um classificado na fase de grupos caso houvesse empate em todos os critérios. Como não há dois times na mesma posição, o ranking evita a "moedinha".

Como normalmente o saldo de gols e o maior número de gols marcados definem quem se classifica na fase de grupos, sem chegar a outros critérios, a Conmebol entendeu que dificilmente o gol qualificado será usado. Mas mesmo se for, o entendimento é que um cenário com seis jogos, três deles fora, torna a regra mais justa do que um confronto eliminatório de ida e volta.

Nove clubes brasileiros estão na Libertadores: Palmeiras, Atlético-MG, Flamengo, Fortaleza, Corinthians, Athletico-PR e Red Bull Bragantino entram direto na fase de grupos, enquanto Fluminense e América-MG começam na fase 2.

Na Sul-Americana são seis participantes, todos direto nos grupos: São Paulo, Santos, Inter, Ceará, Atlético-GO e Cuiabá. O sorteio das chaves das duas competições ocorrerá na semana de 23 de março.