PUBLICIDADE
Topo

Marcel Rizzo

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Flamengo é multado por torcida tentar invasão na final da Libertadores

Torcida do Flamengo no estádio Centenário para a final da Libertadores  - Alexandre Vidal
Torcida do Flamengo no estádio Centenário para a final da Libertadores Imagem: Alexandre Vidal
Marcel Rizzo

Marcel Rizzo - Formado em jornalismo em 2000 pela PUC Campinas, passou pelas redações do Lance!, Globoesporte.com, Jornal da Tarde, Portal iG e Folha de S. Paulo, no qual editou a coluna Painel FC. Cobriu Copas do Mundo, Olimpíada e dezenas de outros eventos esportivos.

Colunista do UOL

16/12/2021 10h34

A Comissão de Disciplina da Conmebol (Confederação Sul-Americana de Futebol) aplicou multa de US$ 20 mil (R$ 114 mil) ao Flamengo por fatos relatados por oficiais após a final da Libertadores, em 27 de novembro no estádio Centenário de Montevidéu, no Uruguai. O Fla perdeu por 2 a 1 para o Palmeiras, na prorrogação.

Foram dois os problemas presentes no relatório oficial do jogo:

1) Tentativa de invasão de torcedores ao gramado, o que infringe o artigo 10.2, inciso A, do Código de Disciplina da Conmebol. O fato teria ocorrido durante o segundo tempo da prorrogação e ao término do confronto.

2) O clube teria desrespeitado alguns protocolos de organização do jogo, indo contra o artigo 12.2, incisos H e I, que falam em "não acatar as instruções dos oficiais de jogo" e "não acatar as instruções do organizador do torneio".

Como a multa ultrapassa US$ 15 mil, cabe recurso ao Comitê de Apelação da Conmebol. Para isso é preciso pagar US$ 3 mil (R$ 17 mil), e sem ter a garantia de que a punição será retirada — normalmente o comitê reitera as decisões da comissão.

Se confirmada a multa, o valor é abatido do que é repassado de premiação ao clube. Por ter sido vice-campeão, o Flamengo acumulou US$ 13,5 milhões (R$ 77,3 milhões).