PUBLICIDADE
Topo

Marcel Rizzo

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Conmebol faz músicas para Palmeiras e Flamengo antes da final; ouça trechos

Torcidas de Palmeiras e Flamengo aparecem em clipes feitos pela Conmebol - Montagem/UOL
Torcidas de Palmeiras e Flamengo aparecem em clipes feitos pela Conmebol Imagem: Montagem/UOL
Marcel Rizzo

Marcel Rizzo - Formado em jornalismo em 2000 pela PUC Campinas, passou pelas redações do Lance!, Globoesporte.com, Jornal da Tarde, Portal iG e Folha de S. Paulo, no qual editou a coluna Painel FC. Cobriu Copas do Mundo, Olimpíada e dezenas de outros eventos esportivos.

Colunista do UOL

19/11/2021 04h00

A Conmebol produziu duas músicas originais para Palmeiras e Flamengo, que no dia 27 de novembro se enfrentam em Montevidéu na final da Libertadores. Os clipes serão lançados no início da próxima semana e usados nas redes sociais e na programação da TV da confederação sul-americana. Também devem embalar o pré-jogo no estádio Centenário.

A coluna teve acesso ao material (ouça pequenos trechos de cada tema abaixo). A música do Palmeiras tem estilo forró eletrônico, que tem bombado nas rádios e streamings principalmente com a banda Barões da Pisadinha, que fará o show do pré-jogo da final da Copa Sul-Americana neste sábado (20), entre Athletico-PR e Red Bull Bragantino. O tema palmeirense se chama "Gloria Eterna - em busca do Bi — o Palmeiras tentará o terceiro título da Libertadores, o segundo seguido, por isso o Bi, e não Tri, no título.

A composição e interpretação é de Marlon Góes, que se tornou cantor oficial do Palmeiras ao interpretar temas relacionados ao clube como "Cala a Boca, Secador" e "Toma Gol do Veiga", esta referência ao meia Raphael Veiga.

"Ôôô, o Palmeiras chegou, vamos ganhar porco, jogamos por amor, em busca da glória eterna meu Palmeiras chegou", diz o refrão da música, que cita a busca pelo tricampeonato da Libertadores como obsessão, como canta a torcida em dias de jogos no Allianz Parque. Ouça trecho abaixo.

Ouça a música do Palmeiras

UOL Esporte

Já a do Flamengo é um regravação do Rap do Centenário, música lançada em 1995 em comemoração aos 100 anos do clube carioca. A letra foi modificada, usando o centenário do título como referência ao estádio da decisão no Uruguai. Mc Leonardo, um dos intérpretes da canção original, aparece na releitura feita pela Conmebol que se chama "Rap do Centenário - 2021".

"Vai, Flamengo, balança a rede do adversário, vai, Flamengo, buscar o tri no estádio Centenário", toca a nova versão em substituição a "Vai, Flamengo, balança a rede do adversário, vai, Flamengo, comemorando o seu primeiro centenário" da original.

Na sequência, Mc Leonardo cita os principais jogadores do atual elenco (na original era o time do Mundial de 1981), onde Diego Alves vira o "salvador", Arrascaeta "debochado o tempo inteiro" e Bruno Henrique aquele que diz que o Flamengo está em "Oto Patamá". Ouça trecho abaixo.

Ouça "Rap do Centenário - 2021"

UOL Esporte

Os clipes revezam os intérpretes em ação com cenas de torcedores festejando e de lances de jogos de Palmeiras e Flamengo na Libertadores.