PUBLICIDADE
Topo

Marcel Rizzo

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Protocolo da Conmebol atende governo e Libertadores voltará a São Paulo

Libertadores e Sul-Americana poderão ter jogos em São Paulo com ok do governo - Divulgação/Conmebol
Libertadores e Sul-Americana poderão ter jogos em São Paulo com ok do governo Imagem: Divulgação/Conmebol
Marcel Rizzo

Marcel Rizzo - Formado em jornalismo em 2000 pela PUC Campinas, passou pelas redações do Lance!, Globoesporte.com, Jornal da Tarde, Portal iG e Folha de S. Paulo, no qual editou a coluna Painel FC. Cobriu Copas do Mundo, Olimpíada e dezenas de outros eventos esportivos.

Colunista do UOL

09/04/2021 15h01

Com colaboração de Pedro Lopes e Lucas Borges

O protocolo dos torneios da Conmebol (Confederação Sul-Americana de Futebol) para a covid-19 atende aos pedidos feitos pelo governo de São Paulo para o retorno do futebol no estado, portanto a partir da fase de grupos da Libertadores e da Sul-Americana, em 21 de abril, Palmeiras, São Paulo, Santos, Corinthians e Bragantino poderão jogar essas competições em casa.

Os confrontos do Palmeiras pela Recopa contra o Defensa Y Justicia (ARG), na quarta-feira (14) e do Santos frente o San Lorenzo pela "pré" Libertadores, na terça (13), foram mantidos para o estádio Mané Garrincha, em Brasília, por causa de logística — funcionários da Conmebol já se deslocaram para a capital federal. Brasília foi a solução encontrada com a proibição paulista, que não tinha data para acabar.

O único ponto do protocolo definido pelo governo do estado em parceria com o Ministério Público e com a Federação Paulista de Futebol (FPF) que não é obrigatório no documento da Conmebol é o de quartos individualizados nos hotéis, mas há uma recomendação no mesmo texto para isso e o blog apurou que a confederação sul-americana vai orientar os times que viajarem ao Brasil a cumprirem a exigência — esses pagamentos são responsabilidade dos clubes visitantes.

A direção da Conmebol avalia que tem um protocolo rígido que criará uma bolha aos clubes que visitarem o Brasil. É proibido sair do hotel para qualquer atividade que não seja o jogo ou treinamento, como exige o documento do governo paulista. Há obrigatoriedade de que seja feita testagem PCR para covid-19 até 72 horas antes da viagem e será implementado o teste de antígeno no dia do jogo.

Apesar de o protocolo não exigir a testagem rápida no dia da partida, a Conmebol incluiu em seu protocolo já em 2020 que pode exigir testes adicionais se entender necessário ou se for uma exigência do governo local, o que é o caso agora com a liberação do futebol em São Paulo.

A Conmebol deve orientar as delegações que viajarem não só a São Paulo, mas a outros estados brasileiros, que embarquem o mínimo possível de pessoas — o protocolo limita em 55 o número de membros das delegações em viagens, incluindo atleta, comissão técnica e direção.

Palmeiras e São Paulo estão garantidos na fase de grupos da Libertadores, enquanto Corinthians e Bragantino estão nas chaves da Sul-Americana, que estreará formato novo em 2021 — nesta sexta-feira a Conmebol sorteou os grupos. O Santos deve aparecer também na Libertadores, após abrir boa vantagem sobre o San Lorenzo, 3 a 1, na terceira fase prévia da competição.