PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Palmeiras já é o melhor do Paulistão. Imagine sem nenhum machucado...

Do UOL, em São Paulo

05/03/2014 06h00

O Palmeiras, empatado com o Santos, é aquele time que tem o maior número de pontos após 11 rodadas disputadas na incomum fórmula do Paulistão: 26, resultantes de oito vitórias, dois empates e apenas uma derrota. E, até então, a campanha foi construída a partir da superação de um novo obstáculo a cada semana. Sempre houve, desde o início da temporada, pelo menos um desfalque. Agora, isso acabará. Pela primeira vez em 2014 Kleina terá todo o elenco à disposição para montar o time.

Ainda haverá baixas para o jogo desta quinta-feira, contra a Portuguesa, no Pacaembu. O número de desfalques será menor contra o Paulista, domingo. Mas a programação é que a partir da próxima semana Gilson Kleina possa trabalhar com todos os atletas, para de fato testar o elenco planejado para 2014, no retorno do clube à elite do futebol brasileiro.

Os atacantes Leandro e Diogo seguem treinando com limitações, mas devem voltar aos trabalhos comuns nos próximos dias. O primeiro foi peça fundamental na conquista da Série B e uma das maiores preocupações do Palmeiras na virada de ano – o trabalho foi intenso para que ele permanecesse. Diogo, que veio da Portuguesa, serve como peça de apoio e contribuiu diretamente em alguns dos resultados positivos do time neste Paulistão.

O volante Josimar e o zagueiro Wellington, que sofreram lesões recentes, também retomam as atividades. O segundo é titular absoluto e companheiro do veterano Lúcio no sistema defensivo de Kleina.

O zagueiro uruguaio Mauricio Victorino, que sofreu com graves lesões nos últimos tempos, está perto de poder estrear pelo Palmeiras após deixar o Cruzeiro.  Ele se recupera de uma lesão muscular na panturrilha direita, sofrida em jogo-treino na pré-temporada palmeirense. Antes, o uruguaio teve problemas no tendão de aquiles e nos ligamentos do joelho, que o afastaram do futebol em 2013.

Se Kleina está próximo de ter seu elenco completo à disposição, há menos de duas semanas o treinador sofreu com os desfalques para escalar a equipe. Na penúltima partida, contra o Botafogo, havia sete jogadores impedidos de atuar por lesão: Leandro, Juninho, Wesley, Josimar, Diogo, Victorino e Wellington – além de Allan Kardec, suspenso. Como resultado, o time perdeu por 3 a 1 em Ribeirão Preto e amargou sua primeira derrota na temporada.

Futebol