PUBLICIDADE
Topo

Paulista - 2019

Muricy conquista 3º título pelo Santos e troca estilo 'retranqueiro' por 'ousadia' de Neymar

Muricy Ramalho se rende ao estilo ofensivo de Neymar e companhia no Santos - Santos F.C (Divulgação)
Muricy Ramalho se rende ao estilo ofensivo de Neymar e companhia no Santos Imagem: Santos F.C (Divulgação)

Samir Carvalho

Do UOL, em Santos (SP)

13/05/2012 18h03

O rótulo ‘ousadia e alegria’ criado pelo atacante Neymar parece ter influenciado na carreira do técnico Muricy Ramalho, que conquistou seu terceiro título pelo Santos – dois paulistas e uma Libertadores. Durante o Campeonato Paulista, o treinador mostrou que está abandonando o estilo ‘retranqueiro’ na carreira, e priorizou a habilidade e força ofensiva da equipe santista, fato que colaborou para a vitória por 4 a 2 contra o Guarani, na grande decisão deste domingo.

VEJA MAIS SOBRE O SANTOS CAMPEÃO

  • Ganso exalta tri paulista e visa mais títulos: "Não nos contentamos com pouco"

  • Luis Álvaro ironiza Corinthians após título no centenário: "vamos ganhar tudo"

  • Neymar vê Santos tricampeão paulista próximo à Era Pelé: "estamos chegando"

Além dos gols marcados na semifinal contra o São Paulo e nas finais contra o Guarani, o Santos terminou a primeira fase da competição com o melhor ataque – foram 46 gols marcados em 19 jogos, média de 2,42 por partida.

O ataque temido pelos adversários não economizou nos gols em 2012. Além da histórica goleada contra o Bolívar por 8 a 0 na Libertadores, Neymar, Ganso e companhia aplicaram três goleadas acima de cinco gols no Paulista.

A maior delas aconteceu na Arena Barueri, onde o Santos venceu a Ponte Preta por 6 a 1. O Santos ainda aplicou mais duas goleadas por 5 a 0 – uma contra o Guaratinguetá e outra diante do Catanduvense.

Os gols não acontecem por acaso. Segundo Datafolha, o Santos teve a melhor pontaria em finalizações na primeira fase. Em 19 jogos, foram 42,8 de acerto.

Os títulos de Muricy Ramalho por outros clubes, entre eles o São Paulo, não ficou marcado pela ofensividade. No clube do Morumbi, o treinador conquistou o tricampeonato brasileiro priorizando o sistema defensivo, já que prioriza atuar com três zagueiros.

VEJA COMO FORAM AS FINAIS DE TODOS OS ESTADUAIS PELO BRASIL

  • Neymar brilha, Santos derrota o Guarani e premia o centenário com tri paulista

  • Fluminense controla Botafogo, vence mais uma vez e encerra jejum no Carioca

  • Atlético-MG vence América e é campeão mineiro invicto depois de 36 anos

  • Inter toma susto do Caxias, vira na pressão e conquista o 41º título do Gauchão

  • Em jogo tenso, Bahia segura empate contra o Vitória, é campeão e quebra jejum de 11 anos

  • Santa Cruz cala a Ilha do Retiro, derrota o Sport e se torna bi após 25 anos

  • Coritiba vence Atlético-PR nos pênaltis e se sagra tricampeão paranaense

  • Ceará segura empate com Fortaleza e é bicampeão estadual

  • Avaí vence Figueirense de novo e se torna o maior campeão do Catarinense

  • Goiás arranca empate do Atlético-GO, é campeão goiano e evita tri do rival