PUBLICIDADE
Topo

Atacante do Comercial justifica 'comemoração' em gol corintiano como apoio a goleiro

Elionar Bombinha explicou nesta terça-feira sua "comemoração" do gol corintiano  - Silva Junior/ Folhapress
Elionar Bombinha explicou nesta terça-feira sua "comemoração" do gol corintiano Imagem: Silva Junior/ Folhapress

Vitor Pajaro*

Do UOL, em São Paulo

20/03/2012 12h38

O atacante Elionar Bombinha ficou mundialmente famoso após supostamente comemorar o gol do atacante Emerson no empate por 3 a 3 de seu time, o Comercial, contra o Corinthians no último final de semana. O vídeo da 'comemoração' caiu nas redes sociais e chegou a ser publicado no AS, importante jornal da Espanha. Depois de receber inúmeros telefonemas, ele decidiu marcar uma entrevista coletiva para explicar sua reação.

NA ESPANHA, BOMBINHA FOI ASSUNTO...

"No momento do lance, eu tinha certeza que o Alex ia pegar. Quando ele caiu para o canto certo, eu vibrei, mas depois vi a bola na rede e bati palma para incentivar meu companheiro", disse Bombinha ao UOL Esporte. Assim que o vídeo foi divulgaldo, Bombinha revelou que passou a receber diversos telefonas dos companheiros que o informaram sobre a suposta comemoração.

"Eu nem gosto de ver as imagens do jogo, o que a imprensa fala, até porque o resultado não foi o que a gente queria. E, ontem, meus companheiros me ligaram pra falar esse absurdo. Quem tem boca fala o quer e muita gente quer atrapalhar o Comercial, ainda mais que estamos nesta dificil situação". O Comercial é o lanterna do Campeonato Paulista com 8 pontos ganhos.

O atacante, natural do Maranhão, disse ainda estar vacinado sobre o que acontece no futebol e culpa as redes sociais pelo sucesso do vídeo. "Estou há 10 anos no futebol, não sou novo nisso. Já vi muito companheiro sofrer com isso, mas agora com tudo na Internet não vou nem mais poder comemorar uma defesa ou uma bola bem tirada pelo meu zagueiro", criticou o jogador, antes de dar um recado:

"Eu sou comercialino (torcedor do Comercial). Nunca fui corintiano. Quando era criança eu tinha admiração pelo Flamengo, assim como toda a minha família".

Substituído no segundo tempo da partida, Bombinha acertou uma bola no travessão de Danilo Fernandes e participou bem da partida, marcando inclusive um gol, bem anulado pela arbitragem. No primeiro gol, ele deu o passe para Elton e ajudou o Comercial em quase todas as boas jogadas de ataque. Segundo o Datafolha, ele recebeu 22 bolas, finalizou três vezes, além de receber três faltas e errar apenas três dos 20 passes.

*atualizado às 13h13

VEJA O LANCE DA SUPOSTA COMEMORAÇÃO BOMBINHA