PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Goleiro brasileiro diz que C. Ronaldo foi expulso por chutar zagueiro

Do UOL, em São Paulo

19/09/2018 18h38

O goleiro Neto, do Valencia, falou sobre o lance da expulsão de Cristiano Ronaldo na vitória da Juventus por 2 a 0, nesta quarta-feira (19), na estreia das duas equipes na Liga dos Campeões. O brasileiro concordou com o cartão vermelho e disse que o português chutou o zagueiro Murillo no lance.

“Eu vi o que as câmeras mostraram e todo mundo viu, ele chutou nosso zagueiro e depois puxou o cabelo. Ele errou, e o árbitro expulsou normalmente. Expulsando um jogador da equipe dele acaba tendo dificuldade e trazendo responsabilidade para cima dele que talvez ele não sabia administrar, mas não podemos encontrar desculpas em cima dos erros dos outros”, disse ao Esporte Interativo.

Aos 29 minutos do primeiro tempo, o camisa 7 se enroscou na área com o zagueiro adversário. Em câmera lenta, é possível ver um chute na canela de Murillo quando o português entrava na área. O defensor caiu no gramado e reclamou de agressão do atacante. Depois, Ronaldo chegou a ironizar a queda do adversário e apertou a cabeça dele.

Ronaldo chute - Reprodução - Reprodução
Momento do chute de Ronaldo em Murillo
Imagem: Reprodução
O árbitro alemão Felix Brych ouviu o que o auxiliar ao lado do gol tinha a dizer e decidiu dar o cartão vermelho para o português. O defensor do Valencia seguiu em campo e não foi advertido nem com o amarelo.

Ronaldo ficou inconformado com a decisão e deixou o campo chorando. Ele foi acompanhado pelo ex-meia Pavel Nedved, que atuou pela Juventus e atualmente é o vice-presidente do clube, antes do túnel na saída do gramado.

Outro a falar do lance depois da partida foi o zagueiro Bonucci, da Juventus, que pediu a inclusão do árbitro de vídeo (VAR) já na fase de grupos da Liga dos Campeões.

“Foi uma partida que o lance contra nos pesou muito. Não tinha que dar o vermelho, porque não teve contato, e neste caso, tem que ter a tecnologia para ajudar o árbitro. Na Itália, nós usamos e damos um passo à frente todos juntos”, declarou.

Esporte