PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Imprensa argentina: Chefe de segurança de Buenos Aires renuncia após falhas

Divulgação
Imagem: Divulgação

Do UOL, em São Paulo

26/11/2018 19h44

O chefe de segurança de Buenos Aires, Martín Ocampo, renunciou ao cargo, nesta segunda-feira (26), após as falhas de segurança antes do segundo jogo da final da Libertadores, entre River Plate e Boca Juniors. A informação foi publicada pelos jornais Clarín e Olé.

Leia mais

Ocampo estava no cargo desde dezembro de 2015, quando começou a gestão do prefeito Horacio Rodríguez Larreta. Agora, o responsável será Marcelo Dalessandro, que era o sub-chefe.

De acordo com as publicações, Ocampo e Patricia Bullrich, Ministra da Segurança da Argentina, foram denunciados criminalmente nos tribunais federais pelas falhas na operação de segurança.

As falhas de segurança começaram com ataque de torcedores do River ao ônibus do Boca Juniors na chegada ao estádio Monumental de Núñez, no sábado (24). Mais tarde, a polícia entrou em conflito com torcedores nos arredores do esádio.

O ataque ao ônibus resultou no adiamento da partida para o dia seguinte. Já no domingo (25), a Conmebol anunciou novo adiamento do jogo, que ainda não tem data marcada.

Futebol