Topo

Futebol


Inter pede e vai ganhar folga da CBF se for à final da Libertadores

Inter viaja nesta segunda-feira ao México e pode até empatar para chegar à final - EFE/Gustavo Granata
Inter viaja nesta segunda-feira ao México e pode até empatar para chegar à final Imagem: EFE/Gustavo Granata

Jeremias Wernek

Do UOL, em Porto Alegre

19/07/2015 06h00

Se eliminar o Tigres-MEX na próxima quarta-feira, em Monterrey, o Internacional vai ganhar uma folga do Campeonato Brasileiro. O clube pediu e garante ter recebido aval da CBF para adiar duas partidas de sua agenda. Originalmente estes jogos estão marcados para datas que ficam entre as finais da Copa Libertadores.

São os compromissos diante de Ponte Preta e Chapecoense, válidos pela 15ª e 16ª rodadas do Brasileirão. O duelo com o time paulista fora de casa e o enfrentamento com o clube catarinense no Beira-Rio.

O pedido foi encaminhado após a vitória de 2 a 1 em cima do Tigres, em Porto Alegre, e é tratado como mais um movimento do Inter em sua logística. Ele também se encaixa na política do clube em relação ao Brasileirão. Após perder para o Flamengo, o presidente Vitorio Piffero declarou que o clube havia largado a competição.

Antes da afirmação do dirigente, Diego Aguirre e os jogadores já haviam deixado isso no ar. O Inter jamais usou o time considerado ideal em partida alguma do Campeonato Brasileiro. Depois de passar pelo Independiente Santa Fe-COL, o Colorado preservou titulares ao máximo e intensificou o rodízio.

Em vantagem na semifinal, podendo empatar ou até perder por um gol de diferença a partir do placar de 3 a 2, o Internacional realiza treinamento em Porto Alegre neste domingo. Na segunda-feira, encara voo fretado de 12h até o México. Na terça-feira, realiza treino no estádio palco da partida do dia seguinte. Se avançar, o Colorado encara River Plate ou Guaraní-PAR na decisão. O time argentino venceu em Buenos Aires por 2 a 0.

Futebol