PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Fifa usa fé e apego aos amuletos para descrever Cuca em prévia da decisão

Cuca se apegou à Nossa Senhora no momento da decisão por pênaltis contra o Newell"s - Bernardo Lacerda/UOL
Cuca se apegou à Nossa Senhora no momento da decisão por pênaltis contra o Newell's Imagem: Bernardo Lacerda/UOL

Do UOL, em São Paulo

16/07/2013 13h56

A fama de católico fervoroso e de extremo apego aos seus amuletos da sorte deixou o folclore do futebol brasileiro e passou a chamar a atenção do mundo, agora que Cuca comandará uma equipe na decisão da Libertadores.

Foi com esses tópicos que o site da Fifa descreveu o treinador do Atlético-MG, ao traçar perfis dos dois treinadores da decisão do principal torneio de clubes da América do Sul – Cuca e Ever Almeida, o comandante do Olimpia.

O site da entidade lembra que Cuca não gosta de tocar no assunto em entrevistas, mas mostra em campo toda sua fé. No último jogo contra o Newell’s Old Boys, por exemplo, usou uma camisa com imagem de Nossa Senhora e rezou dentro do gramado.

Por fim, citou que Cuca tem como objetivo principal ganhar o título da Libertadores, para que a fama de azarado suma de vez.

Já o técnico paraguaio (naturalizado, nasceu no Uruguai) é lembrado por sua forte ligação com o clube que treina. Ele foi goleiro do Olimpia e conquistou duas Libertadores como jogador do clube. Segundo a entidade, até o toque do celular do técnico é o hino do tricampeão da América.

Futebol