PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Rival do Corinthians, Visão Celeste é time de pastores e quer visitar Arena

Karla Torralba

Do UOL, em São Paulo

16/01/2019 04h00

O rival do Corinthians nesta quarta (16), nas oitavas de final da Copinha, tem menos de um ano de formação. Começou com dois profissionais, 10 bolas e só oito jogadores. Os profissionais citados são o técnico Mirabor Rocha e o coordenador da base Ariel Santos que encontraram apoio em um time de pastores para formar o Visão Celeste que o Brasil está conhecendo agora.

"Tínhamos como propósito fazer um centro de formação e muitos jogadores começaram a procurar. Pudemos disputar o Campeonato Potiguar sub-19, mas não tínhamos camisa. Buscamos vários times, tivemos vários 'nãos', provavelmente não acreditavam no meu trabalho. Faltando pouco tempo para começar a competição eu corri atrás do pastor Sandoval Gonçalves e ele me deixou começar o trabalho", contou Ariel Santos, que trabalhou seis anos no América-RN.

A equipe novata foi vice-campeã do Potiguar e assim se credenciou para a Copinha. O pastor que aceitou ajudar Ariel e Mirabor na saga hoje é chamado de "nosso presidente" e aconselha o grupo no vestiário. "É um time de pastores, um clube evangélico, eles têm um projeto social no Rio Grande do Norte e é um projeto muito bonito. É um clube de futebol, que não ia disputar competição e eu pedi a camisa para disputar e nem eles imaginavam da magnitude que chegou. Os meninos escutam bastante, cada um tem sua crença, mas todo mundo respeita", disse Ariel.

Os 23 meninos e comissão técnica desembarcaram em São Paulo dia 5 de dezembro, ficaram treinando em Itu (SP), onde passaram as festas de final de ano. "Foi todo mundo junto no Natal. O proprietário da empresa RCA Sport, o Rômulo Almeida, providenciou pernil, pai do Nilton, nosso jogador, veio e providenciou pernil, outro deu lombo e passamos a noite de Natal no CT", relembro Ariel.

Visão Celeste quer visitar CT e Arena Corinthians

Ariel Santos disse que o jogo contra o Corinthians também servirá para tentar levar os meninos para conhecer o estádio do rival. "Está sendo maravilhoso, inclusive, eu vou pedir amanhã para a diretoria do Corinthians para conhecer a Arena do Corinthians, o centro de treinamento", disse.

Visão Celeste 2 - Heliofotografias/Divulgação - Heliofotografias/Divulgação
Imagem: Heliofotografias/Divulgação
"Enfrentar o Corinthians é a cereja no bolo"

O jogo das 21h45 contra o Corinthians, em Barueri, é como um sonho. "Os meninos estão com a sensação de que é a cereja no bolo. Quem não quer jogar contra o Corinthians em um estádio que sabe que vai ter a quantidade de espaço lotado. Vamos ver, nada impede de a gente fazer um bom trabalho", ressaltou.

"A equipe do Corinthians dispensa comentários. Mas é como se fosse um jogo normal, não dá para deixar subir à cabeça, tem um professor que acompanha a gente, tem o pastor que nos acompanha, dá orientação, é um negócio que tentamos segurar. Tem hora que não consegue, a euforia do garoto é diferente", explicou o coordenador.

Time recebeu mensagem da governadora e carinho da torcida

Após eliminar times tradicionais como Remo e Fortaleza, a boa campanha na Copa São Paulo rendeu até mensagem de apoio da governadora do Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra (PT).

Os familiares dos jogadores e da comissão técnica também se empolgam. "Os pais não acreditam no que conseguimos. Isso dá credibilidade ao nosso trabalho", ressaltou Ariel.

A mulher de Ariel, Jozinete de Almeida, também vibra de longe. "O Corinthians é um grande campeão. Eu gostaria de estar em São Paulo e não perco um jogo, torço, fica todo mundo de dedinhos cruzados. Recebo muitas mensagens no Facebook, o estado está muito feliz", contou Jozinete.

Futebol