PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Torcida do Palmeiras entra em conflito com PM após eliminação

Enrico Bruno

Do UOL, em Belo Horizonte

27/09/2018 00h11

Além da briga dentro do gramado, a semifinal da Copa do Brasil entre Palmeiras e Cruzeiro na noite desta quarta-feira (26) terminou em pancadaria nas arquibancadas. Praticamente ao mesmo tempo que os atletas se estranhavam no gramado, torcedores e polícia trocavam agressões no Mineirão.

Tudo começou com alguns palmeirenses tentando invadir a área da imprensa após o apito final. Um dos seguranças impediu a ação e acabou agredido. Imediatamente, a Polícia Militar entrou em ação e começou a distribuir pancadas de cassetete.

Os palmeirenses também decidiram reagir, arrancaram algumas cadeiras do estádio e atiraram na direção dos policiais, o que gerou mais uma reação. Tiros de borracha foram disparados, o que provocou corre corre. Ainda não houve registro de feridos e nem de detidos.

Enquanto isso, uma briga dentro das quatro linhas terminou na expulsão de Sassá, Mayke e Diogo Barbosa, com direito a continuação no túnel do vestiário.

Os dois times voltam a se enfrentar no domingo (30), no Estádio do Pacaembu, às 11h, pela 27ª rodada do Brasileirão. Tanto Felipão quanto Mano Menezes pediram que o clima ruim fique fora do estádio no reencontro entre eles.

Esporte