PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Vascaínos brincam com patrocinadora do Palmeiras: "tia Leila é bacalhau"

Cesar Greco/Fotoarena
Imagem: Cesar Greco/Fotoarena

Bernardo Gentile

Do UOL, no Rio de Janeiro

25/11/2018 18h24

No intervalo do jogo entra Vasco e Palmeiras, os torcedores do time carioca olharam para um dos camarotes e encontraram Leila Pereira, presidente da Crefisa e patrocinadora dos paulistas. Em clima descontraído. Eles a chamaram de "Tia Leila" e pediram a Crefisa no clube em 2019: "vem, vem, vem".

Em seguida, os torcedores ainda gritaram: "Au, au, au, Tia Leila é bacalhau". Isso porque circula entre os torcedores a informação que Leila é torcedora do Vasco.

A Crefisa patrocina o Palmeiras desde 2015 e investe no clube atualmente um valor de pelo menos R$ 78 milhões por ano, que pode chegar até a R$ 90 milhões dependendo dos resultados da equipe. Também já fez aportes financeiros para custear as contratações de vários jogadores do elenco, como Dudu, Borja, Luan, Bruno Henrique e Deyverson, entre outros.

No início deste ano, os contratos do Palmeiras com a Crefisa tiveram que ser modificados após uma multa da Receita Federal à empresa de Leila Pereira. Os aportes para contratações deixaram de ser categorizados como "despesas" e passaram a ser "empréstimos" - ou seja, o clube precisa devolver à patrocinadora os valores investidos quando os atletas forem vendidos ou tiverem o contrato encerrado. Isso fez o Palmeiras assumir uma dívida com valor inicial de R$ 120 milhões com a Crefisa.

Esporte