PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Sem salários e sob pressão, Fluminense encara o Bahia em 'final' inesperada

Atacante Luciano é arma do Fluminense para superar o Bahia - Thiago Ribeiro/AGIF
Atacante Luciano é arma do Fluminense para superar o Bahia Imagem: Thiago Ribeiro/AGIF

Leo Burlá

Do UOL, no Rio de Janeiro

22/11/2018 04h00

Antes em situação cômoda no Campeonato Brasileiro, o Fluminense viu a maré virar e enfrenta a sua pior turbulência no ano justamente na reta final da competição. Com 42 pontos, o time encara nesta quinta o Bahia, às 21h, na Fonte Nova, pressionado pela possibilidade de se aproximar da degola. Sem vitórias há cinco jogos, o Tricolor viu seus planos de priorizar a Sul-Americana irem por água abaixo.

Nos planos do departamento de futebol, a equipe já estaria livre após o jogo contra o Ceará, o que não ocorreu. Ante este cenário, a equipe teve de dividir suas forças e perdeu um tempo precioso para se preparar com as atenções voltadas apenas para o Atlético-PR, adversário pela semifinal no torneio continental. A fase é tão ruim que os tricolores estão a quase 500 minutos sem balançar as redes.

Para piorar, o Fluminense está mergulhado em uma crise política e financeira das mais complicadas. Ameaçado pelo impeachment, o presidente Pedro Abad tenta apagar o incêndio em um clube que não paga salários em dia e tem até problemas com empresa de manutenção.

A dívida com o elenco já chega a cinco meses de atrasos em direitos de imagem e mais dois referentes à carteira de trabalho. As dívidas geraram cobranças ao diretor Paulo Angioni, além de uma conversa de torcedores e jogadores no vestiário do Maracanã.

Abad conseguiu unir alguns colaboradores mais abastados, e o grupo fez uma "vaquinha" para pagar um prêmio de cerca de R$ 150 mil a ser dividido pelo time. Sem fazer mais promessas, o Flu espera quitar parte dos atrasados até sexta.

"Sobre a vaquinha, quero esclarecer que nós, jogadores, não vamos criticar qualquer ajuda. Toda ajuda é bem vinda", disse o volante Jadson.

O técnico Marcelo Oliveira tem problemas para montar o time que joga pelo Brasileirão na capital baiana. Suspenso, Richard é baixa. Com estiramento na coxa, Airton também desfalca a equipe. Também vetados pelos médicos, Léo e Gilberto seguem fora.

FICHA TÉCNICA
BAHIA x FLUMINENSE

Data/hora: 22/11/2018, às 21h (de Brasília)
Local: Fone Nova, em Salvador (BA)
Árbitro: Flavio Rodrigues de Souza (SP)
Auxiliares: Alex Ang Ribeiro (SP) e Tatiane Sacilotti dos Santos Camargo (SP)

Fluminense
Júlio César; Igor Julião, Gum, Digão e Ayrton Lucas; Dodi, Mateus Norton e Sornoza; Cabezas, Everaldo e Luciano. Técnico: Marcelo Oliveira

Bahia
Bruno, Grolli, Lucas Fonseca e Paulinho; Gregore e Elton; Ramires, Élber e Zé Rafael; Edigar Junio. Técnico: Enderson Moreira

Esporte